Unidos da Saudade tem eleições neste domingo

Visita da rainha de bateria da Mangueira fecha em grande estilo mandato da atual diretoria
sábado, 16 de abril de 2016
por Jornal A Voz da Serra
Foto de capa
Esbanjando beleza, simpatia e carisma, Evellyn Bastos, foi a convidada especial de recente evento na quadra da roxa e branca

A tradicional escola de samba Unidos da Saudade vai estar movimentada neste domingo, 17. Tudo por conta das eleições gerais para a diretoria da agremiação, que acontecem a partir das 10h na quadra da roxa e branca (Avenida Governador Geremias de Mattos Fontes, Bairro Ypu). Até o fechamento desta edição, apenas uma chapa estava inscrita no pleito, no qual participam os sócios da escola de samba. 

O atual presidente Peter Filot, explicou o motivo que o levou a não concorrer: “Sou um democrata. Gosto da alternância de poder. Dei a minha contribuição e continuarei ajudando a Saudade como diretor. Para o nosso projeto continuar, indiquei um candidato — pessoa abnegada, proba e de longa trajetória na agremiação. Certamente, conduzirá o bastão com o brilhantismo que a Saudade merece”, disse ele, que fez um balanço positivo de seu mandato e agradeceu a ajuda de toda comunidade roxa e branca.
    
Evellyn Bastos se surpreendeu com grandiosidade das alegorias

O mandato de Peter foi encerrado em alto estilo, com a visita de Evellyn Bastos, rainha de bateria da Mangueira, escola campeã do carnaval carioca deste ano. A ilustre convidada participou de um evento alusivo ao campeonato da roxa e branca friburguense este ano promovido no último dia 9 na quadra da escola. A noite foi animada pelo samba do grupo “Com Você”, pela bateria Treme-Terra e por Mestre Vandinho, que comandou a “Bateria Surdo Um” para entrada triunfal de Evellyn. 

Esbanjando beleza, simpatia e carisma, a rainha de bateria da Mangueira visitou o atelier e a galeria de presidentes da Saudade, além de ter acesso às imagens da mostra “Os Heróis de 80” — realizada em outubro do ano passado — e ao vídeo honorífico à memória de Myune Almeida Rangel, o Garrafão (1939-2006). Ela também compareceu ao barracão, onde se surpreendeu com a grandiosidade das alegorias. 

O presidente da Saudade, que acompanhou a rainha na visita guiada, falou de sua imensa satisfação: “Recebê-la em nossa quadra foi das maiores alegrias de minha vida. Comandar uma escola de samba do interior é muito difícil, pois o nosso combustível é o amor. Visitas como a de Evellyn dão o ânimo para continuarmos militando em prol de um carnaval de qualidade”, observou Peter Fillot.

 

LEIA MAIS

Produção está nas negociações finais do show, que deverá acontecer em agosto

Em apenas duas semanas, videoclipe de cantor friburguense já foi visto cerca de quatro mil vezes

Euterpe vai tocar na Praça do Catarcione em comemoração à vitória do Bola Branca no carnaval

Publicidade