Unidos da Saudade tem eleições neste domingo

Visita da rainha de bateria da Mangueira fecha em grande estilo mandato da atual diretoria
sábado, 16 de abril de 2016
por Jornal A Voz da Serra
Foto de capa
Esbanjando beleza, simpatia e carisma, Evellyn Bastos, foi a convidada especial de recente evento na quadra da roxa e branca

A tradicional escola de samba Unidos da Saudade vai estar movimentada neste domingo, 17. Tudo por conta das eleições gerais para a diretoria da agremiação, que acontecem a partir das 10h na quadra da roxa e branca (Avenida Governador Geremias de Mattos Fontes, Bairro Ypu). Até o fechamento desta edição, apenas uma chapa estava inscrita no pleito, no qual participam os sócios da escola de samba. 

O atual presidente Peter Filot, explicou o motivo que o levou a não concorrer: “Sou um democrata. Gosto da alternância de poder. Dei a minha contribuição e continuarei ajudando a Saudade como diretor. Para o nosso projeto continuar, indiquei um candidato — pessoa abnegada, proba e de longa trajetória na agremiação. Certamente, conduzirá o bastão com o brilhantismo que a Saudade merece”, disse ele, que fez um balanço positivo de seu mandato e agradeceu a ajuda de toda comunidade roxa e branca.
    
Evellyn Bastos se surpreendeu com grandiosidade das alegorias

O mandato de Peter foi encerrado em alto estilo, com a visita de Evellyn Bastos, rainha de bateria da Mangueira, escola campeã do carnaval carioca deste ano. A ilustre convidada participou de um evento alusivo ao campeonato da roxa e branca friburguense este ano promovido no último dia 9 na quadra da escola. A noite foi animada pelo samba do grupo “Com Você”, pela bateria Treme-Terra e por Mestre Vandinho, que comandou a “Bateria Surdo Um” para entrada triunfal de Evellyn. 

Esbanjando beleza, simpatia e carisma, a rainha de bateria da Mangueira visitou o atelier e a galeria de presidentes da Saudade, além de ter acesso às imagens da mostra “Os Heróis de 80” — realizada em outubro do ano passado — e ao vídeo honorífico à memória de Myune Almeida Rangel, o Garrafão (1939-2006). Ela também compareceu ao barracão, onde se surpreendeu com a grandiosidade das alegorias. 

O presidente da Saudade, que acompanhou a rainha na visita guiada, falou de sua imensa satisfação: “Recebê-la em nossa quadra foi das maiores alegrias de minha vida. Comandar uma escola de samba do interior é muito difícil, pois o nosso combustível é o amor. Visitas como a de Evellyn dão o ânimo para continuarmos militando em prol de um carnaval de qualidade”, observou Peter Fillot.

 

LEIA MAIS

Agenda cultural de 23 a 25 de junho tem ainda Quartessência, com homenagem a trompetista friburguense

Próximas apresentações serão, dias 27 e 30, em Santo Tirso e Lorvão

Programação ainda não foi divulgada. Evento nasceu em Nova Friburgo, antes de ser apadrinhado e virar alvo de rivalidade entre cidades serranas

Publicidade
Agora Faz