TV Câmara não consegue derrubar liminar que a proíbe de transmitir sessões

Falta agora julgamento de mérito. Casa deve dar andamento à busca por um canal próprio e à licitação de uma produtora
sexta-feira, 09 de fevereiro de 2018
por Jornal A Voz da Serra
Foto de capa

A TV Câmara não conseguiu, em segunda instância, derrubar os efeitos da liminar que mantém interrompido o serviço de transmissão das sessões. Como informa a coluna do Massimo, o desembargador Fernando Fernandy Fernandes indeferiu o pedido de efeito suspensivo à decisão liminar de primeira instância que suspendeu as atividades da TV Câmara em Nova Friburgo.

A sessão ordinária da última terça-feira, 6, pode ter sido a primeira sem transmissão televisiva nos últimos 17 anos.

Agora, enquanto aguarda a análise do mérito da questão, a Câmara deve dar andamento à busca por um canal próprio e à licitação de uma produtora.

Leia mais detalhes na coluna do Massimo.

Publicidade
Agora Faz
TAGS: