Titular da Deam participa de capacitação da Patrulha Maria da Penha

Treinamento em Teresópolis contou com a presença de cerca de 20 policiais dos batalhões da região, incluindo o 11º BPM
terça-feira, 17 de setembro de 2019
por Fernando Moreira (fernando@avozdaserra.com.br)
A atividade foi realizada no 7º Comando de Policiamento de Área (CPA), em Teresópolis (Divulgação)
A atividade foi realizada no 7º Comando de Policiamento de Área (CPA), em Teresópolis (Divulgação)

 

Começou nesta segunda-feira, 16, a semana de capacitação e treinamento de equipes do programa “Patrulha Maria da Penha – Guardiões da Vida”, na Região Serrana. A atividade foi realizada no 7º Comando de Policiamento de Área (CPA), em Teresópolis, e contou com a participação da delegada titular da Delegacia de Especializada no Atendimento a Mulher (Deam) de Nova Friburgo, Mariana Thomé, além da major PM Cláudia Moraes, responsável pela implantação do projeto.

A capacitação, que contou com a presença de cerca de 20 policiais do 11º BPM (Nova Friburgo), 30º BPM (Teresópolis) e 26º BPM (Petrópolis), abordou temas relacionados ao trabalho das unidades da Deam e distritais, os principais aspectos da Lei Maria da Penha e as inovações legislativas que, cada vez mais, vão ao encontro da defesa dos direitos das mulheres, destacando a importância da ação em rede integrada dos órgãos estatais.

“Foi uma ótima oportunidade para reforçar a integração dos órgãos estatais em defesa da mulher vítima de violência doméstica”, afirmou Mariana Thomé, que está desde janeiro deste ano - há oito meses - à frente da Deam de Nova Friburgo. As equipes continuam em treinamento durante toda esta semana, encerrando o ciclo de capacitações da Patrulha Maria da Penha na Região Serrana, que já começa a atuar a partir da próxima segunda-feira, 23.

Como funciona o programa

Lançado oficialmente no início de agosto, durante as comemorações do aniversário de 13 anos da Lei Maria da Penha, o novo programa da PM está sendo implantado gradativamente por regiões, com objetivo de prestar um atendimento especializado e padronizado em todo o território estadual.

Após a realização do treinamento, cada unidade operacional do 7º CPA contará com duas equipes especializadas, que atuarão, em dias alternados, das 8 às 18h, acompanhando mulheres que tenham sido ameaçadas e passaram a contar com medida protetiva expedida pela Justiça, além de apoiar órgãos e rede de atendimento à mulher em cada região. O atendimento emergencial de 24 horas continuará sendo feito pelo serviço de radiopatrulha, cujos policiais poderão contar com orientação técnica da equipe do novo programa.

 

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: