Terceira e última audiência sobre transporte público será nesta quarta

Encontro servirá para que prefeitura preste contas sobre aproveitamento no edital das demandas apresentadas
sexta-feira, 12 de abril de 2019
por Marcio Madeira (marcio@avozdaserra.com.br)
Serviço de ônibus em Nova Friburgo (Arquivo AVS)
Serviço de ônibus em Nova Friburgo (Arquivo AVS)

A terceira e última audiência pública para tratar do novo edital de licitação para o transporte coletivo por ônibus em Nova Friburgo será realizada nesta quarta-feira, 17, a partir das 18h, no plenário da Câmara Municipal

A audiência passada foi realizada na noite da última quarta-feira, 10, e teve grandes similaridades com o primeiro encontro, ocorrido uma semana antes. De novo, a presença popular ficou abaixo do esperado: ao todo, 42 pessoas compareceram à reunião, ante 29 da audiência anterior. E, também a exemplo do que já havia acontecido anteriormente, o quórum pequeno não impediu que muitas propostas fossem apresentadas, ou, principalmente, reforçadas.

Compareceram à reunião os vereadores Zezinho do Caminhão, propositor da audiência; Marcinho; Professor Pierre; Johnny Maycon; Nami Nassif e Isaque Demani. Além deles, estiveram representados através de assessores os vereadores Joelson do Pote, Luiz Carlos Neves e Vanderléia Lima, bem como o deputado federal Luiz Lima e os deputados estaduais Sérgio Louback e Alexandre Knoplock. O vereador Wellington Moreira novamente justificou sua ausência por questões de saúde.

A prefeitura foi novamente representado por Jaguarê Garcia, secretário municipal de Infraestrutura e Logística. Por fim, a 9ª Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) esteve representada por sua vice-presidente, Gonçala Ribeiro Eyer.

Propostas coincidentes

A exemplo do que já havia ocorrido na semana passada, a advogada Cristiane Cruzal de Moraes ficou encarregada de reunir os apontamentos em documento a ser remetido à Prefeitura de Nova Friburgo, que deve ser protocolado na manhã de hoje, 12. A pedido da advogada Gonçala Eyer, a peça também será encaminhada para a representação local da OAB.

Diante, todavia, da grande similaridade entre as propostas colhidas nas duas primeiras audiências, ficou combinado que o próximo e derradeiro encontro não será mais destinado à apresentação de apontamentos, mas servirá para que a prefeitura preste contas à população a respeito daquilo que será (ou não) incorporado ao edital, a partir de todas as demandas que foram manifestadas pela sociedade.

 

LEIA MAIS

Instalação de semáforo era antiga reivindicação de pedestres e moradores

Outras obras são realizadas na RJ-116, entre Macuco e São Sebastião do Alto

No primeiro mês de operação foram aplicadas 2.200 multas por avanço de sinal. Prefeitura já arrecadou quase R$ 650 mil com as autuações

Publicidade
TAGS: Trânsito