Temporal estraga mutirão de moradores para melhorar acesso a Macaé de Cima

Prefeitura diz que só poderá atuar novamente na estrada quando as condições do tempo melhorarem
sexta-feira, 23 de março de 2018
por Guilherme Alt (guilherme@avozdaserra.com.br)
Os moradores unidos em mutirão (Fotos dos leitores)
Os moradores unidos em mutirão (Fotos dos leitores)

Em uma mistura de união e necessidade, mais um bom exemplo surge em comunidades afastadas do Centro de Nova Friburgo. Cansados de esperar a época de chuvas acabar e munidos pela urgência em desbloquear passagens, retirar barreiras e garantir a trafegabilidade na principal via de acesso à localidade de Macaé de Cima, os moradores da região realizaram um mutirão recentemente.

O problema é que, apesar da garra dos moradores, as condições climáticas, infelizmente, não ajudaram. O mutirão foi realizado no mês passado, mas as chuvas das últimas semanas impedem que o trabalho renda frutos permanentes.

De acordo com o presidente da Associação de Moradores de Macaé de Cima, Claudinei Ouverney, os moradores da região, em parceria com a Subprefeitura de Lumiar melhoraram por conta própria o acesso. “Todas as despesas com o uso das roçadeiras, gasolina, óleo e lâminas para as roçadeiras ficaram por conta da comunidade. O carro usado no trajeto para levar os homens que trabalharam, foi do meu pai. Não aguentamos mais a situação e resolvemos nós mesmos”, disse Ouverney.

Todo o trabalho foi, literalmente, por água abaixo com o temporal do último 4. De acordo com o presidente da associação de moradores, uma cabeça d'água na região ocasionou diversas quedas de barreiras, fechando quase todos os acessos. No dia seguinte, ainda segundo Ouverney, equipes iniciaram os trabalhos para que os danos fossem minimizados. Dessa vez, a Secretaria de Obras auxiliou os moradores na limpeza da estrada do Mirandela. “Nessa via havia uma barreira muito grande bloqueando a passagem. Foi preciso um dia inteiro para desbloquear todo o trecho”, lembra o presidente da associação.

Ele observa também que “as estradas já não estavam tão boas e depois das últimas chuvas ficaram ainda pior. O solo está tão encharcado que brota água em vários trechos das estradas. Equipes da prefeitura estiveram aqui até o último dia 8 limpando barreira, eles estão esperando o tempo firmar para ajeitar as estradas que estão todas esburacadas e com muita lama”.

Com as chuvas desta semana, a estrada voltou a ter pontos em que a passagem de veículos de médio e pequeno porte, sem tração, foi bloqueada. “Toda vez que chove o problema volta. A prefeitura tem vindo aqui e nos ajudado, mas só poderá fazer mais quando a época de chuva cessar”, informou Ouverney.

 

LEIA MAIS

Campo do Coelho, Alto dos Vieiras, Sítio São Luiz e Mury são algumas localidades que receberam melhorias

Associação espera resposta positiva do Ministério das Cidades para que obras comecem ainda este ano

Projeto da prefeitura em parceria com empresários através da Acianf teve início em maio e vai se estender de Mury a Conselheiro

Publicidade
TAGS: mutirão | Chuva | Obras