Temporal de verão (sem verão) provoca queda de barreiras e alagamentos

Para a Região dos Lagos Climatempo prevê manhãs de sol e pancadas de chuva à tarde nos próximos dias
sábado, 29 de dezembro de 2018
por Paula Valviesse (paula@avozdaserra.com.br)
O Rio Bengalas cheio durante o temporal desta sexta (Foto: Henrique Pinheiro)
O Rio Bengalas cheio durante o temporal desta sexta (Foto: Henrique Pinheiro)

A Defesa Civil de Nova Friburgo divulgou neste sábado, 29, o balanço com as ocorrências causadas pela forte chuva que atingiu a cidade na tarde de ontem, deixando a cidade em estágio de atenção. Segundo o boletim, a precipitação média foi de 32 milímetros e houve queda de barreiras em quatro bairros: Granja Spinelli; Jardinlândia, Floresta e Maringá, mas sem vítimas.

No bairro Maringá o deslizamento provocou a interdição parcial da via. Foram registradas ainda a queda de um muro divisório entre duas residências no bairro Parque das Flores e em Varginha parte de uma rua cedeu e o trecho precisou ser parcialmente interditado.

De acordo com a Defesa Civil, não há registros de desabrigados ou desalojados. E apesar da chuva ter provocado um aumento rápido do nível dos rios Bengalas e D’Antas, não houve transbordamento.

Mesmo assim, várias ruas ficaram alagadas por toda a cidade. No Centro, os transeuntes ficaram ilhados durante o temporal por conta de alagamentos na altura da Praça Getúlio Vargas, na  Rua Farinha Filho e na esquina entre a Avenida Alberto Braune e a Rua Duque de Caxias. Imagens feitas por pessoas que estavam nas calçadas mostraram a forte correnteza e ainda a movimentação de insetos fugindo da água.

Na RJ-130, altura do Hospital São Lucas, a água barrenta que descia da encosta tomou toda a via e os motoristas precisaram redobrar a atenção para passar pelo trecho. Também foram informados alagamentos por conta do acúmulo de água pluvial nos bairros Vila Nova, Vila Amélia e em Córrego Dantas.

O bairro que teve maior índice de chuva foi Vila Nova, com registro de 70,81 milímetros de precipitação. Já Nova Suíça foi o menor, com 1,6 milímetros. O balanço é referente ao período das 9h de ontem até às 9h deste sábado.

Previsão do tempo

Confusos entre rápidas aberturas de sol e temporais típicos de verão - só que sem verão -, os friburguenses vão poder celebrar a virada de 2018 para 2019 sem precisar usar o guarda-chuva. Segundo o Centro de Previsão de Tempo e Estudo Climáticos (CPTEC), do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), esta segunda-feira, 31 de dezembro, será de céu nublado. O Climatempo também prevê que a previsão é de pancadas isoladas de chuva à tarde e à noite, mas só até por volta das 22h. A temperatura deve permanecer amena. Para a data a previsão é de máxima de 28 graus e mínima de 17, segundo o CPTEC. O Climatempo prevê calor durante o dia, com temperatura mais alta entre às 14h e 18h.

O tempo deverá permanecer instável durante todo este fim de semana. Para este sábado, 29, a previsão é de manhã nublada, com pancadas de chuva isoladas à tarde e à noite, e temperaturas variando entre 25 e 18 graus. O domingo, 30, também será de chuva, só que no período da tarde. O tempo será de sol, com aumento gradual de nuvens e a temperatura variando entre 25 e 17 graus. O dia será mais quente pela manhã. Já o primeiro dia de 2019 amanhece com sol, mas há previsão de chuva a partir das 10h. O feriado terá pancadas isoladas também nos períodos da tarde e da noite e temperatura variando entre 29 e 19 graus.

Para quem pretende passar o réveillon na Região dos Lagos, o Climatempo prevê manhãs de sol e chuvas de verão à tarde até a virada do ano.

LEIA MAIS

Três imóveis foram esvaziados por risco de deslizamentos de terra e pedras

Virada do ano deve ser sem chuva na cidade. Tempo permanece instável, com temperaturas variando pouco e pancadas isoladas

Chuva destelhou moradias de 12 pessoas no Alto do Floresta, Barão e Santa Bernadete

Publicidade
TAGS: Chuva | verão