Suspeito de assediar menina de 12 anos em ônibus é detido em Friburgo

Homem nega ter praticado qualquer ato de abuso na menor. Seis testemunhas foram ouvidas pela polícia
sexta-feira, 20 de outubro de 2017
por Guilherme Alt
Foto de capa

Mais um caso de assédio sexual  em ônibus, desta vez envolvendo uma menina de 12 anos, dentro de um veículo da Friburgo Auto Ônibus Ltda (Faol), foi registrado na 151ª DP.

O caso ocorreu na tarde desta quinta-feira, 19. O ônibus seguia para o bairro de São Geraldo. Segundo informações da Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam), a menina informou que o acusado, de 57 anos, estava sentado atrás dela e começou a passar a mão em seu corpo, através das aberturas existentes nos assentos. A vítima disse ainda que tentava se desviar das carícias. O suspeito, preso na tarde de ontem, negou o abuso, segundo a polícia.

"Ela ficou muito nervosa, começou a chorar e pediu para ele parar de passar a mão nela. Várias pessoas viram e impediram que o suspeito fugisse. Uma viatura da PM estava passando perto do ônibus e deteve o homem", disse Leonardo Sepulcri, inspetor responsável pela Deam.

Durante o ocorrido, a menina estava acompanhada de familiares dentro do ônibus. Além deles, outras seis testemunhas foram ouvidas e também os dois policiais militares que estavam no local.

Segundo o inspetor da Deam, o suspeito negou ter praticado qualquer ato de abuso na menor. "Em depoimento, o suspeito, além de negar o abuso, contou que costuma pegar ônibus para bairros distantes e que volta andando para o Centro da cidade por indicação médica. A Deam acredita que esta seja uma forma de atuação do suspeito e que outras mulheres possam ter sido vítimas de abuso", disse Leonardo.

O inspetor suspeita que a atitude seja recorrente e por isso fez um pedido para as pessoas que possam ter sido vítimas do suspeito procurem a delegacia. “O homem é alto, gordo e careca. Caso alguma mulher tenha sido vítima de algum homem com essas características, a gente pede que venha até a Deam fazer o reconhecimento", afirmou.

O homem permanece preso e irá responder por abuso de vulnerável.

Constrangimento

No final de setembro, uma jovem de 18 anos prestou queixa contra um homem suspeito de  constrangê-la sexualmente dentro de um ônibus da Faol. A jovem gravou imagens e as postou nas redes social, fazendo com que outras mulheres identificassem o homem.

A delegada da Deam de Nova Friburgo, Danielle de Barros, convocou no início do mês todas as mulheres que tinham sofrido transtornos parecidos. As mulheres compareceram, prestaram depoimento e o caso segue sendo investigado pela Deam.

 

LEIA MAIS

Investigações revelaram que bando do Tuiuti, na capital, fornecia armas pesadas para morros friburguenses

Crime aconteceu na região de Valão do Barro, em São Sebastião do Alto, em frente à casa da vítima

No mesmo dia, comércio no Paissandu foi furtado por funcionário. E PM apreende carro clonado na Chácara

Publicidade
Agora Faz
TAGS: crime