Suposta perseguição policial termina em acidente em Olaria

Comando do 11º PM não confirma nem desmente imagens que circulam em redes sociais
segunda-feira, 13 de janeiro de 2020
por Jornal A Voz da Serra
A viatura no posto (Reprodução da web)
A viatura no posto (Reprodução da web)

Um vídeo que circula desde a tarde deste domingo, 12, nas redes sociais mostra uma suposta perseguição policial na Avenida Julio Antonio Thurler, uma das principais de Olaria, bairro mais populoso de Nova Friburgo.

Nas imagens, uma viatura da Polícia Militar trafega em alta velocidade no sentido Centro quando, de repente, entra bruscamente no posto de combustíveis localizado na esquina com a Rua Gustavo Lira, colidindo com um veículo que estava parado, aguardando para sair do estabelecimento. Imediatamente, dois policiais militares desembarcaram da viatura correndo atrás dos supostos suspeitos em fuga. O vídeo é encerrado sem que fosse possível vero desfecho da ocorrência.

Em breve comunicado emitido à imprensa, o comando do 11º Batalhão de Polícia Militar (BPM) não confirmou, mas também não desmentiu a suposta perseguição policial e disse apenas que “com relação ao ocorrido envolvendo uma viatura da Polícia Militar, o fato está sendo averiguado e as responsabilidades serão apuradas. Não houve feridos”.

 

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: