Suíça retoma atividades na Praça das Colônias

Reabertura do espaço marca início das comemorações dos 200 anos da chegada dos primeiros colonizadores
sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019
por Alerrandre Barros (alerrandre@avozdaserra.com.br)

Foi reaberta ao público nesta sexta-feira, 15, a sala na Praça das Colônias, no Suspiro, dedicada à cultura e à história suíça. O evento teve a participação do cônsul-geral da Suíça no Rio de Janeiro, Rudolf Wyss, que desde o bicentenário de Nova Friburgo, comemorado no ano passado, tem contribuído com as atividades da colônia na cidade.

“Quero agradecer a oportunidade de participar desse importante momento de reconhecimento da presença suíça em Nova Friburgo. Para nós, suíços, é uma honra sermos lembrados nesse espaço cultural e turístico. No futuro, planejamos continuar contribuindo com as atividades da sala”, disse o cônsul.

O evento começou pouco depois das 11h e marcou o início das comemorações dos 200 anos da chegada dos primeiros suíços ao país, a ser celebrado em novembro deste ano. O grupo Swissando fez uma apresentação de dança folclórica. Houve também o lançamento da segunda edição do livro “Tempo anterior”, da escritora Maria José Braga. Foi apresentado ainda o Troféu Eduardo Salusse de Ciclismo, um pequeno monumento que conterá os nomes de todos os friburguenses ganhadores de provas ciclísticas desde a criação do Bicyclette Club Friburguense, por Salusse, em 1899.

A sala da colônia foi totalmente reformada. O espaço interno ganhou projeto do arquiteto Rogério Kato, que construiu uma réplica de chalé suíço no local. Um painel lateral reproduz a imagem de um pico de Pont-la-Ville, uma comuna de Fribourg, na Suíça. A bandeira suíça também foi reproduzida em outra parede. Foram dispostos no espaço sofá, mesa de jantar e um aparador com TV e outros itens decorativos. Há uma cozinha nos fundos sala.

Geraldo Thuler, presidente da colônia suíça, agradeceu a contribuição do consulado e da prefeitura na reabertura do espaço. “Queremos que sala se torne uma referência para a comunidade suíça e para todos os friburguenses. Planejamos realizar, periodicamente, cursos de chocolate e eventos de degustação de queijos. Estamos instalando equipamentos para oferecer, em breve, cursos de francês na praça”, disse.

Participaram do evento também o secretário de Gabinete, Wilton Neves, representando o prefeito Renato Bravo; o presidente da Câmara, Alexandre Cruz; o presidente da Associação das Colônias de Nova Friburgo (Ascofri), Alex Alfaya; e representantes das outras nove colônias que participaram da formação do município.

 

LEIA MAIS

Prefeito Renato Bravo faz um balanço do legado deixado pelo bicentenário, um ano depois

Prato foi degustado gratuitamente na última quinta, em mesas com 2.400 lugares, para celebrar 125 anos de federação

Viagem a Europa será em junho. Em novembro, famílias farão o caminho da imigração, de Amsterdam com destino a Friburgo

Publicidade
TAGS: 200 anos