Suíça retoma atividades na Praça das Colônias

Reabertura do espaço marca início das comemorações dos 200 anos da chegada dos primeiros colonizadores
sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019
por Alerrandre Barros (alerrandre@avozdaserra.com.br)

Foi reaberta ao público nesta sexta-feira, 15, a sala na Praça das Colônias, no Suspiro, dedicada à cultura e à história suíça. O evento teve a participação do cônsul-geral da Suíça no Rio de Janeiro, Rudolf Wyss, que desde o bicentenário de Nova Friburgo, comemorado no ano passado, tem contribuído com as atividades da colônia na cidade.

“Quero agradecer a oportunidade de participar desse importante momento de reconhecimento da presença suíça em Nova Friburgo. Para nós, suíços, é uma honra sermos lembrados nesse espaço cultural e turístico. No futuro, planejamos continuar contribuindo com as atividades da sala”, disse o cônsul.

O evento começou pouco depois das 11h e marcou o início das comemorações dos 200 anos da chegada dos primeiros suíços ao país, a ser celebrado em novembro deste ano. O grupo Swissando fez uma apresentação de dança folclórica. Houve também o lançamento da segunda edição do livro “Tempo anterior”, da escritora Maria José Braga. Foi apresentado ainda o Troféu Eduardo Salusse de Ciclismo, um pequeno monumento que conterá os nomes de todos os friburguenses ganhadores de provas ciclísticas desde a criação do Bicyclette Club Friburguense, por Salusse, em 1899.

A sala da colônia foi totalmente reformada. O espaço interno ganhou projeto do arquiteto Rogério Kato, que construiu uma réplica de chalé suíço no local. Um painel lateral reproduz a imagem de um pico de Pont-la-Ville, uma comuna de Fribourg, na Suíça. A bandeira suíça também foi reproduzida em outra parede. Foram dispostos no espaço sofá, mesa de jantar e um aparador com TV e outros itens decorativos. Há uma cozinha nos fundos sala.

Geraldo Thuler, presidente da colônia suíça, agradeceu a contribuição do consulado e da prefeitura na reabertura do espaço. “Queremos que sala se torne uma referência para a comunidade suíça e para todos os friburguenses. Planejamos realizar, periodicamente, cursos de chocolate e eventos de degustação de queijos. Estamos instalando equipamentos para oferecer, em breve, cursos de francês na praça”, disse.

Participaram do evento também o secretário de Gabinete, Wilton Neves, representando o prefeito Renato Bravo; o presidente da Câmara, Alexandre Cruz; o presidente da Associação das Colônias de Nova Friburgo (Ascofri), Alex Alfaya; e representantes das outras nove colônias que participaram da formação do município.

 

LEIA MAIS

Domingo, 17 de fevereiro, celebra o Dia da Amizade Suíço-Brasileira

De aluna em intercâmbio a intérprete do presidente e histórias de um descendente "desligado"

Famílias inteiras e primos que nunca se viram trocam vivas e choros de emoção

Publicidade
TAGS: 200 anos