Selo comemorativo dos 200 anos da imigração lançado domingo

No mesmo dia também será realizada a 4ª edição do Route MTB, tradicional competição de mountain bike em homenagem à colonização suíça
sexta-feira, 16 de agosto de 2019
por Fernando Moreira (fernando@avozdaserra.com.br)
O selo dos 200 anos da imigração suíça
O selo dos 200 anos da imigração suíça

Neste domingo, 18, serão promovidas mais duas atividades em comemoração ao Agosto Suíço, que em 2019 está celebrando também os 200 anos da chegada dos primeiros suíços a Nova Friburgo. Às 9h30, na Casa Suíça, em Conquista, distrito de Campo do Coelho, será feito o lançamento oficial do selo em homenagem ao bicentenário da imigração suíça. Logo em seguida, às 10h, será dada a largada para a 4ª edição do Route MTB, competição de ciclismo (mountain bike) cuja temática será voltada à colonização suíça.

As celebrações pelo bicentenário da chegada dos primeiros imigrantes suíços a Nova Friburgo tiveram início no último dia 1º, Dia Nacional da Suíça, com o hasteamento de bandeiras na Praça das Colônias, no Suspiro, e na Casa Suíça, ambas com a presença do cônsul-geral da Suíça no Rio, Rudolf Wyss, além de apresentações de danças e músicas típicas, coral, capoeira e o folclórico Cortejo de Lanternas.

O lançamento do selo

Um dos momentos mais aguardados do Agosto Suíço em 2019 é o lançamento oficial do selo comemorativo pelos 200 anos da chegada dos primeiros suíços à Nova Friburgo. A solenidade reunirá o cônsul Rudolf Wyss, autoridades municipais e membros das colônias dos povos formadores de Nova Friburgo.

A criação do selo foi uma iniciativa da Associação Nova Friburgo-Fribourg, da Casa Suíça e da Colônia Suíça de Nova Friburgo, com apoio da Fundação Dom João VI. A arte impressa no selo foi uma doação da Layout DMP, desenvolvida pessoalmente pelo diretor da agência, José Manoel.

“A ilustração busca exprimir a longa trajetória dos primeiros colonos suíços até a chegada ao Brasil, retratando as dificuldades desse percurso, que vitimou centenas de imigrantes. A arte retrata os Alpes Suíços se fundindo com o Cão Sentado, paisagens tradicionais e características da Suíça e de Nova Friburgo representando a grande aventura que foi aquela viagem”, explica José Manoel sobre o conceito da arte.

O selo será emitido pelos Correios a partir de novembro e fará parte das emissões postais comemorativas especiais de 2019, com o tema “Relações Diplomáticas: Brasil – Suíça – 200 anos da imigração suíça ao Brasil”.

Route MTB 2019

Após o lançamento do selo, às 10h será dada a largada para a 4ª edição do Route MTB, tradicional competição de ciclismo (mountain bike) promovida pela Montanha Sports, com apoio da Casa Suíça e da Associação Nova Friburgo-Fribourg. A disputa deve reunir entre 150 e 200 atletas profissionais e amadores vindos de diversas partes do estado e do país, como Minas Gerais, São Paulo e Distrito Federal.

A largada será em frente à Casa Suíça - Queijaria Escola, no quilômetro 47 da RJ-130, a estrada Tere-Fri, em Conquista. Os ciclistas percorrerão 68 quilômetros num percurso que passará por São Geraldo, Dona Mariana, pela localidade de Três Túneis, retornando para a Casa Suíça. Segundo a organização, os atletas de elite completam a prova em aproximadamente duas horas e meia, enquanto os ciclistas amadores fazem o percurso em cerca de três a quatro horas.

“A prova surgiu com a ideia de refazer o caminho percorrido pelos primeiros imigrantes suíços. A temática da prova é voltada à colonização suíça em Nova Friburgo, o que agrega um viés turístico à competição”, disse Orlando Mielli, organizador do Route MTB 2019.

Programação do Agosto Suíço

Fechando a programação do Agosto Suíço 2019, ainda será realizado o Festival do Chocolate nos próximos dias 23, 24 e 25, na Casa Suíça, com diversas atrações musicais, de dança, além das inúmeras delícias produzidas pela Frialp Queijaria e Chocolataria. A exemplo dos anos anteriores, o evento tem a expectativa de atrair milhares de turistas.

 

LEIA MAIS

Programação começa às 10h, com hasteamento de bandeiras na Praça das Colônias; às 21h, haverá Cortejo de Lanternas

Coletânea de textos em prosa e verso tem a Suíça Brasileira como personagem principal

Prefeito Renato Bravo faz um balanço do legado deixado pelo bicentenário, um ano depois

Publicidade
TAGS: 200 anos