Renato Bravo muda mais colaboradores

Agricultura, Casa Civil e Comunicação sofrem novas mexidas
quinta-feira, 04 de janeiro de 2018
por Marcio Madeira e Adriana Oliveira
Foto de capa

Após muitas idas e vindas, o vereador Marcio Damazio finalmente assina nesta sexta-feira, 5, às 10h, sua nomeação como novo secretário de Serviços Públicos de Nova Friburgo, no lugar de Gilberto Salarini.

Salarini assume a Casa Civil, que vinha sendo acumulada pelo secretário municipal de Governo, Bruno Villas Boas.

O plano inicial era que Damazio assumisse a pasta da Agricultura. Entenda os bastidores na coluna do Massimo desta sexta, 5.

Há mudanças também na Subsecretaria de Comunicação. O jornalista Fernando Moraes, da InterTV, deve assumir a pasta já a partir da próxima semana.

Mudanças sucessivas

Essas mexidas completam um ciclo de mais de dez mudanças de secretários na atual gestão. Logo após o Natal o secretário de Assistência Social, Christiano Huguenin, assumiu a Secretaria de Saúde no lugar de  de Suzane Menezes, afastada em 20 de dezembro por ordem judicial, sob denúncias de superfaturamento de contrato. Ela havia assumido a Saúde em fevereiro, no lugar de Rodrigo Romito, que deixara o comando da pasta por determinação do Comitê Gestor da Saúde. Antes, até Suzane ser cedida pela Prefeitura do Rio, o posto fora ocupado interinamente pela médica Michelle Silvares Duarte de Oliveira, integrante do comitê, que também foi afastada.

Em fevereiro de 2017, Rosane Pinto pediu exoneração da Ordem e Mobilidade Urbana (Smomu), alegando motivos pessoais. Nesta pasta também já houve duas mudanças, já que Luiz Felipe Laginestra, que assumira no lugar de Rosane, foi substituído pelo prefeito em outubro. Em abril, a professora Josanne Marchon de Oliveira pediu exoneração da Secretaria de Educação alegando “questões familiares”. O posto foi ocupado interinamente pelo subsecretário Igor Pinto, até Renato Satyro assumir o comando, em meados de junho.

Em julho, o advogado e engenheiro mecânico Amaro Gervásio Filho deixou a Secretaria de Ciência, Tecnologia, Inovação e Educação Profissionalizante e Superior, também alegando razões pessoais. Ele tinha assumido  o posto em março, depois de sair da Secretaria de Assistência Social, Direitos Humanos e Trabalho, que passou a ser comandada pelo então vereador (hoje licenciado) Christiano Huguenin. A pasta de Ciência está sendo gerida interinamente, até hoje, pelo subsecretário Bruno Lannes. Fora do primeiro escalão, em agosto a Subsecretaria de Comunicação também passou por mudanças internas.

Em outubro o secretário de Agricultura, Alexandre Jacintho Teixeira, também pediu exoneração.  No mesmo mês, o  prefeito fez um troca-troca mudando vários nomes de uma só vez,  na Smomu, no Meio Ambiente, na subprefeitura de Conselheiro e na Controladoria Geral. Na Smomu, Luiz Felipe Laginestra foi substituído por  Marques Henrique de Jesus, então subsecretário de Posturas. No Meio Ambiente, o secretário Alexandre Sanglard deixou a pasta para assumir a subsecretaria de Planejamento Urbano e atuar no Projeto de Fortalecimento da Estratégia Nacional de Gestão Integrada de Riscos em Desastres Naturais (Gides). No seu lugar ficou Roberto Cocarelli. Na Controladoria Geral,  Léo Fernandes de Andrade Nunes deu lugar a Elizabeth Riguetti.

Publicidade
Agora Faz
TAGS: