Renato Bravo é o prefeito eleito de Nova Friburgo

Candidato da coligação "Um novo caminho para Nova Friburgo" foi o mais votado no município
domingo, 02 de outubro de 2016
por Jornal A Voz da Serra
Renato Bravo durante campanha (Foto: Reprodução/Facebook)
Renato Bravo durante campanha (Foto: Reprodução/Facebook)

O engenheiro civil Renato Pinheiro Bravo (PP), 58 anos, é o novo prefeito eleito em Nova Friburgo. Com 28,23% dos votos válidos — correspondentes à preferência de 29.046 eleitores — o candidato do PP venceu nas três zonas eleitorais da cidade, protagonizando uma arrancada na reta final da corrida eleitoral, na qual tirou proveito dos altos índices de rejeição atrelados a Rogério Cabral e Glauber Braga, que apareciam na liderança em pesquisas realizadas na última semana.

Numa disputa marcada pelo equilíbrio, Glauber foi o segundo mais votado, com 23,79% da preferência (24.472 votos), seguido de perto pela vice-prefeita Grace Arruda apenas 1.047 votos atrás, em terceiro (23.425). O prefeito Rogério Cabral foi o quarto colocado com 18% da preferência eleitoral (18.514 votos), à frente de Renato Abi-Ramia (6.316) e Hugo Moreno (1.101).

O tabelião Marcelo Braune (PDT) é o novo vice-prefeito eleito. Ao todo, 117.940 eleitores compareceram às urnas, e na eleição majoritária o número de votos válidos ficou em 102.874. Foram registrados 4.229 votos brancos (3,59%) e 10.837 votos nulos (9,19%).

O perfil do prefeito eleito

Neto de Lafayette Bravo, Renato morou no distrito de Conselheiro Paulino durante a infância, adolescência e parte da vida adulta. Casado há 33 anos com Cristina Valle Pinheiro Bravo, tem um casal de filhos, Renata, advogada e Octávio, publicitário.

Engenheiro civil, pós-graduado em Políticas Públicas e Gestão Governamental pela EPPGG - Iuperj, Renato estudou no Colégio Anchieta e foi vereador em Nova Friburgo por dois mandatos de 1983 a 1992. Durante este período no Legislativo foi primeiro-secretário da Câmara, relator da Lei Orgânica Municipal, relator da lei de uso de solo, presidente da Comissão de Constituição e Justiça e autor da lei que criou a comissão permanente de Turismo e Lazer.

Após dois anos atuando como chefe de gabinete na Alerj, Bravo foi secretário municipal de Desenvolvimento Econômico novamente em Nova Friburgo, entre 1995 e 1996, e gerente geral da unidade de Nova Friburgo do Sesc, de 1999 a 2009. Entre 2009 e 2014 foi subsecretário de Gestão e Infraestrutura na cidade do Rio de Janeiro, de onde saiu para ser subsecretário estadual de Desenvolvimento Regional, cargo que ocupou até 2016.

Bravo também foi presidente do Conselho Municipal de Turismo de Nova Friburgo de 2004 a 2008; diretor de relações institucionais do Conselho de Segurança de Nova Friburgo de 2005 a 2007; presidente da Agência de Desenvolvimento da Região Serrana e Centro Norte do Estado do Rio de Janeiro (Mercoserra) de 1994 a 1998; presidente do Turisfriburgo, tido como precursor do Nova Friburgo Convention e Visitors Bureau, de 1993 a 1994; e é conselheiro da Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Nova Friburgo (Acianf) desde 2008.

LEIA MAIS

Título pode ser cancelado. Quase 120 mil no Rio de Janeiro estão com situação irregular

Cerimônia foi realizada na Câmara Municipal de Nova Friburgo

Quem não explicar ausência nas eleições deste ano terá que pagar multa e fica com alguns direitos suspensos

Publicidade