Recital da Escola de Música da Euterpe homenageia viúva de ex-presidente

Jovens músicos são alunos do primeiro curso profissionalizante do município
terça-feira, 03 de julho de 2018
por Jornal A Voz da Serra
A professora Marlene foi homenageada no recital e apadrinhou a turma de jovens músicos (Divulgação)
A professora Marlene foi homenageada no recital e apadrinhou a turma de jovens músicos (Divulgação)

“Pura emoção”. Com apenas duas palavras, o prefeito Renato Bravo exprimiu o sentimento e a emoção que tomaram conta da sede da banda sinfônica Euterpe Friburguense na manhã do último domingo, 1º, quando dezenas de famílias estiveram reunidas para mais um recital da Escola de Música Samuel Antônio dos Santos. Os jovens músicos são alunos do primeiro curso profissionalizante do município, criado pelo maestro-fundador da agremiação musical, em 1863, e durante mais de século e meio estimula a inclusão sócio-cultural e educacional, através do ensino musical.

A primeira audição deste ano teve como madrinha, a professora Rosa Marlene Pinheiro Bravo. Ela é a viúva do ex-presidente da banda Euterpe, em1974 e 1975, o ex-vereador e ex-vice-prefeito Lafayette Bravo Filho, pai do atual prefeito de Nova Friburgo. Ao todo, 21 jovens músicos e musicistas se apresentaram em solos e duos de instrumentos de sopro (clarinetes, trompetes, trompas, trombones, flauta transversa e saxofone). Eles executaram várias composições, do erutido ao popular. Destaques para o duo de trompa e sax, dos irmãos Igor Bohrer da Silva e Deborah Lavínia, além do aluno peruano Isaque Herrnandez, que fez uma apresentação especial de flauta de pan (instrumento primitivo de bambu, que deu oriigem à flauta transversa) e ainda um espetáculo inédito do músico e dentista Gilson Lima Silva, que executou números musicais num serrote. A ferramenta apresenta som vibracional de sua lâmina de grande qualidade. O professor e arranjador Tiago Vidal acompanhou os alunos no teclado.

A audição foi iniciada pela banda-escola e finalizada pela banda intermediária, ambas sob a regência do jovem músico Guilherme Tardin. O primeiro recital deste ano apresentou o resultado positivo do ensino da música, através dos trabalhos dos professores Gilberto Pinheiro (teoria/iniciação musical), primeiro trompete da banda; Guilherme Tardin (flauta transversa), Lucas Coutinho (trombone), Nelson José da Silva Neto (trompa), maestro titular e diretor artístico da escola; Francisco Duarte (trompete) e Marcos Antônio Conceição (clarineta e saxofone).

Presenças

Além do prefeito Renato Bravo (acompanhando sua mãe, a madrinha da turma), a primeira dama do município, Cristina Bravo, a filha do casal, Renata, o neto Antônio e da prima Ivana Bravo, prestigiaram o recital o secretário municipal de Cultura, Mário Jorge Bastos; os presidentes do conselho diretor e deliberativo da Euterpe, respectivamente José Nilson da Silva e Jorge de Carvalho; o vice-presidente administrativo, Francisco de Assis da Silva, e deputado federal Júlio Lopes.

Durante o recital, foi lembrada a parceria entre da Euterpe, a Aliança Francesa e a Associação Fribourg-Nova Friburgo e que possibilitou a participação de três musicistas em intercâmbio internacional: a trompista Gabrielle Alves, que esteve recentemente em Fribourg, na Suíça, enquanto a clarinetista Luanna Conceição e a saxofonista Ruana Moraes, que viajam no próximo dia 10 para Visch, na França, onde participarão, no Instituto Cavilam, de uma imersão cultural. Para ajudá-las no custeio da viagem, será realizada no próximo domingo, 8, uma feijoada solidária, na sede da banda. Os convites custam R$ 20. Mais informações pelos telefones: 2522-9008 e 2521-1085.

 

Publicidade
TAGS: