Rapaz foi morto a pedradas e facadas por causa de R$ 5 mil

Caso é investigado como latrocínio: suspeitos emboscaram Vinicius para roubar dinheiro de carro
quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018
por Jornal A Voz da Serra
Foto de capa

O delegado titular da 151ª Delegacia de Polícia, Henrique Pessoa, disse nesta quarta-feira, 28, ao G1 que a morte de Vinícius Souza Braga, de 28 anos, é investigado como latrocínio (roubo seguido de morte). Na terça-feira, 27, policiais civis prenderam dois homens e apreenderam um adolescente em São Geraldo suspeitos de participação no assassinato. Os três teriam confessado o crime.

“Ele foi morto por dinheiro. Um dos suspeitos tinha vendido o carro de Vinícius, que já tinha sinalizado que queria comprar outro carro. Eles atraíram o Vinicius para uma emboscada para roubar o dinheiro (R$ 5.500) que estava com ele e o mataram”, disse Henrique.

Vinicíus foi morto com pedradas no rosto e facadas no pescoço. Ele estava desaparecido desde o dia 16, quando saiu de casa para comprar o carro. O corpo dele foi encontrado na noite do último sábado, 24, na estrada para Rio Grande Cima, em São Geraldo. Em meio a um bambuzal, ele estava em avançado estado de decomposição.

A vítima saiu de casa, segundo a esposa Thiarla Faustino da Silva, para se encontrar com o vendedor de um carro no ponto de ônibus em frente ao condomínio Bom Pastor, no bairro Vila Amélia. Ela falou com o marido pela última vez, por volta das 7h40 de sexta, pelo WhatsApp. A partir de então, Vinícius não respondeu mais às mensagens e aos telefonemas.

Thiarla disse ainda que ele iria trocar o Corolla que possuía por um Astra. Vinícius morava com Thiarla na Rua Souza Cardoso, na Vila Amélia e, segundo a esposa, Vinícius estava desempregado e também sofria de depressão.  Vinícius foi sepultado na tarde de segunda-feira, 26, no cemitério Trilha do Céu, no distrito de Conselheiro Paulino.

O delegado informou que solicitou à Justiça a prisão e apreensão preventiva dos três envolvidos no crime. Um dos suspeitos tem passagem por tráfico de drogas. Se os mandados de prisão forem expedidos, o os homens serão transferidos para um presídio no Rio de Janeiro, e o adolescente para um Criaad, um centro de internação para menores.  

LEIA MAIS

Vítima teve ferimentos na barriga, nos ombros e nos braços; agressor seria seu companheiro

Vidros e telhas foram quebradas e parede de comércio foi afetada. Bomba teria sido lançada de moto

Homem foi encontrado no Santo André. Pistola que teria sido usada no crime também foi apreendida

Publicidade
Agora Faz
TAGS: crime