Rapaz de 25 anos passa mal e morre após sair da Expo Cordeiro

Paulinho Petinate foi encontrado por um segurança em uma estrada que dá acesso a um estacionamento, fora do parque
quinta-feira, 18 de julho de 2019
por Jornal A Voz da Serra
Rapaz de 25 anos passa mal e morre após sair da Expo Cordeiro

Um rapaz de 25 anos morreu após passar mal na madrugada de quinta-feira, 18, ao sair do Parque de Exposições Raul Veiga, onde acontece a 77ª Exposição Agropecuária, Comercial e Industrial de Cordeiro. Paulo Sérgio Petinate foi encontrado em uma estrada próxima à festa. Ele foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros, mas não resistiu e morreu no hospital da cidade.

Segundo informações da Prefeitura de Cordeiro, Paulinho foi encontrado por um segurança em uma estrada que dá acesso a um estacionamento, fora do parque de exposições. O homem acionou o Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar, por volta da 1h30. Os militares socorreram rapaz e tentaram reanimá-lo durante o trajeto até o Hospital Antônio Castro. O jovem chegou a ser atendido pela equipe médica da unidade, mas não resistiu e morreu. 

O corpo do rapaz foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Nova Friburgo. O caso está sendo investigado pela 154ª DP (Cordeiro). A Polícia Civil aguarda o laudo da necropsia para esclarecer a causa da morte. O corpo do jovem não tinha sinais aparentes de agressão. Paulinho morava em São Sebastião do Alto e era muito querido. Em sua página no Facebook, dezenas amigos deixaram mensagens de pesar pela morte dele.

Em nota, a Prefeitura de Cordeiro solidarizou com a morte do rapaz. “Embora tenha sido um fato totalmente isolado, ocorrido fora dos limites do Parque de Exposições Raul Veiga, a administração municipal e a organização do evento se unem para externar todo seu pesar pelo ocorrido, lamentando a perda de uma pessoa tão jovem e informando que acompanham atentamente o desfecho das investigações”, diz a nota.

 

LEIA MAIS

Causa da morte de André Vancellote Vellozo não foi divulgada pela família

Ele governou a cidade durante as décadas de 1970, 80 e 90

Ex-aluno dos colégios Cêfel e Nova Friburgo, da Fundação Getúlio Vargas, engenheiro morava em Mury

Publicidade
TAGS: obituário