Queima de lixo põe em risco moradores e comerciantes do Bairro Ypu

Material descartado pega fogo próximo a área de mato, residências e lojas
terça-feira, 29 de outubro de 2019
por Guilherme Alt (guilherme@avozdaserra.com.br)
O lixo queimando (Foto: Henrique Pinheiro)
O lixo queimando (Foto: Henrique Pinheiro)

Na tarde de segunda-feira, 28, a equipe de A VOZ DA SERRA flagrou em mais outra oportunidade, o descarte irregular de lixo, dessa vez no Bairro Ypu, na Rua Cel Zamith. Para agravar a situação, o material descartado estava pegando fogo, próximo a uma área de mato, residências e comércio. Ao que tudo indica, a mesma pessoa que jogou lixo em local proibido, também foi a responsável por atear fogo no material. As imagens foram flagradas precisamente às 15h30, horário em que o sol ainda está muito forte e contribui para a proliferação das queimadas.

O calor e o tempo abafado favorecem as queimadas. Em setembro deste ano, o 6º GBM do Corpo de Bombeiros trabalhou incansavelmente para conter queimadas criminosas em diversos bairros da cidade.

É bom saber que, conforme a Lei de Crimes Ambientais (9.605/98), os culpados por esse tipo de crime podem ser multados ou presos. O grande problema, entretanto, é que praticamente, não há investigação em relação a esses crimes. Além disso, até os próprios afetados – no caso, os vizinhos – não costumam denunciar os infratores.

 

LEIA MAIS

Em Friburgo foram emitidos comunicados preventivos, em Amparo e Nova Suíça, além de um auto de constatação por corte de árvores

Frente fria que se aproxima do Estado do Rio carrega ventos impregnados da fuligem das queimadas no Pantanal

Bombeiros levaram três dias para controlar focos em Amparo e na Chácara do Paraíso

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: fogo | Lixo