As promessas de Witzel para o estado e Nova Friburgo

Governador eleito não vai prorrogar intervenção federal na segurança e quer rever regime de recuperação fiscal
segunda-feira, 29 de outubro de 2018
por Alerrandre Barros (alerrandre@avozdaserra.com.br)
As promessas de Witzel para o estado e Nova Friburgo

O ex-juiz federal Wilson Witzel (PSC) se elegeu governador do Rio de Janeiro, ontem, com uma vitória por margem superior à que apontavam as pesquisas de intenções de voto e de boca de urna. Witzel terminou a apuração com 59,87% dos votos válidos, contra 40,13% de seu adversário, o ex-prefeito do Rio Eduardo Paes (DEM). Confira as propostas do novo mandatário do estado.

Contas do estado

Os governos anteriores foram marcados pela corrupção. Teremos que adotar uma postura rígida para reorganizar a máquina administrativa, fazer auditorias nos contratos, realizar cobranças sérias das dívidas fiscais no que diz respeito à dívida ativa e reduzir a sonegação, combatendo a ineficiência e reduzindo gastos.

 

Desemprego
O projeto Rio nos Trilhos, por meio de parceria público-privada, vai reativar a malha ferroviária de todo o estado e construir novos trechos, causando aumento considerável do número de empregos. Além disso, com medidas efetivas de segurança pública e recuperação fiscal, as empresas se sentirão confortáveis para voltar a investir no estado, gerando empregos.

 

Fomento às indústrias

Vamos criar uma Zona de Processamento de Exportação. Com o projeto Rio nos Trilhos e a melhoria das estradas locais, a região será beneficiada para aumentar a exportação de seus produtos, levando ao aquecimento da economia local.

 

Segurança pública

A intervenção trouxe benefícios na reorganização das forças de segurança do Estado em um momento de crise e seu legado será aproveitado em nosso governo. Mas não vamos pedir prorrogação da intervenção. Criaremos um gabinete de segurança formado pelo governador e representantes da Polícia Militar, da Polícia Civil, das Forças Armadas e outras organizações. Vamos implantar a Lava Jato da Segurança, baseada na investigação, que vai desmontar o crime organizado em todo o estado.

 

Raul Sertã

Com um plano de recuperação, iremos restabelecer as casas de saúde, reduzindo a demanda dos hospitais municipais. Vamos contratar 500 mil consultas por mês com especialistas, comprando o horário vago nas agendas de hospitais particulares pelo preço da tabela Sistema Único de Saúde (SUS).

 

UPAs
 

A reorganização administrativa e o fim da corrupção vão gerar recursos da ordem de R$ 2 bilhões que serão destinados à áreas críticas do estado. As UPAs e casas de saúde conveniadas são alguns dos projetos que irão se beneficiar.

 

Hospital do Câncer

Pretendemos licitar uma Parceria Público-Privada (PPP) para atrair investimentos particulares e terminar as obras do Hospital do Câncer.

 

Universidades

A reorganização orçamentária, a revisão de contratos superfaturados e a redução de custos serão fundamentais para a revitalização do ensino universitário no Rio de Janeiro. Faremos isso em todas as instituições de ensino do estado.

 

Turismo

Vamos investir nas ferrovias turísticas no projeto Rio nos Trilhos e transformar a Turisrio, empresa de turismo do estado, em uma grande agência fomentadora.

 

Contenção de encostas

Vamos manter a atual política do Corpo de Bombeiros e Defesa Civil que vem dando bons resultados.


Preservação ambiental

No nosso governo, vamos passar o estado a limpo e deixar a máquina administrativa em ordem. As secretarias e demais setores serão ocupados por profissionais capacitados e sem compromissos políticos. Assim, evitaremos interferências nas decisões, inclusive na política ambiental.

 

LEIA MAIS

O direito de votar e ser eleita para cargos no Executivo e Legislativo

Movimentação feminina elegeu mais mulheres em todo o país

Procedimento deve ser realizado até 27 de dezembro para evitar multa e outras punições

Publicidade
TAGS: eleições