As profissões que estão desaparecendo e surgindo

Motoboys, por exemplo, tendem a ser substituídos por drones, que já entregam até pizza
terça-feira, 01 de maio de 2018
por Alerrandre Barros (alerrandre@avozdaserra.com.br)
Drone entrega pizza em São Paulo (Foto: G1)
Drone entrega pizza em São Paulo (Foto: G1)

Já que a robótica e a inteligência artificial podem eliminar empregos em um futuro próximo, separamos algumas profissões vão surgir ou ganhar força até 2030, segundo a consultoria Inova. Destacamos também ofícios tradicionais que podem desaparecer até lá, de acordo com a Via Carreira.

Biotecnologista

Do desenvolvimento de produtos ao aprimoramento de processos industriais, do controle de qualidade de alimentos ao aprimoramento genético de espécies cultivadas pelo agronegócio, esse cientista que une conhecimentos em biologia e química, aliados à tecnologia, vai ser cada vez mais requisitado.

Gestor de resíduos
Responsáveis por criar estratégias para lidar com os lixos produzidos por pessoas e empresas, esse profissional vai identificar oportunidades e melhores técnicas de reciclar o que pode ser reciclado, assim como dar o melhor destino possível para o que não pode.

Marketing digital e e-commerce

Essa profissão tende a crescer com vendas e posicionamento digital. Dadas as previsões que projetam uma interação online ainda maior para o futuro, a expertise do profissional de marketing digital será necessária para que as empresas possam acompanhar as mudanças do mercado e vender mais no ambiente digital.

Designer de games

Criadores dos joguinhos que fazem a alegria da galera nos celulares, consoles e computadores vão ser cada vez mais requisitados por produtoras brasileiras para áreas de desenvolvimento, arte e roteiro.

Engenheiro

Os investimentos em infraestrutura devem crescer no país, o que torna esses profissionais de destaque nos próximos anos. A busca por técnicas mais eficientes de extração é um dos motivos que engenheiros sejam cada vez mais necessários no setor de energia.

Especialista em crowdfunding

Alguém que entenda como promover e obter fundos para um projeto através de financiamento público.

Cientista de dados

Deve entender a técnica da armazenagem de dados e também identificar e analisar o conteúdos das informações, que serão direcionados para os mais diferentes fins: gestão pública, publicidade, indústria etc.

Agente de memes

Assim como um agente de celebridades, esse profissional representará personalidades que se tornaram memes na internet.

Piloto de drone

As funcionalidades das aeronaves são imensas, indo desde entregas na área de varejo, monitoramento e segurança até a utilização em guerras. Sua extensa possibilidade de realizar inúmeras tarefas tende a crescer cada vez mais.

Apoio à terceira idade

O cuidador, o médico especializado e o conselheiro de aposentadoria (do ponto de vista financeiro, e da saúde, além de fazer o planejamento de uma segunda carreira) serão cada vez mais requisitados por idosos. A perspectiva é de que essa população triplique até 2050, segundo o IBGE.

Técnico em telemedicina

A busca pela inovação e o aumento da expectativa de vida da população trarão destaque aos profissionais da telemedicina, que oferece diagnóstico e tratamento para os habitantes de áreas mais remotas. Alternativa para carência de profissionais de saúde em áreas mais remotas do Brasil, a telemedicina permite que pessoas tenham acesso a diagnósticos sem estarem no mesmo local que a equipe médica.

Gestor de inovação

Ganha força nas empresas como figura capaz de integrar diversas áreas, buscando novas formas de fazer as coisas, promovendo redução de custos e tornando processos mais eficientes.

Consultor de simplificação

Em meio à complexidade cada vez maior dos negócios, mercados e clientes, esse profissional vai propor simplificações, que serão um dos ativos mais valorizados pelas empresas no redesenho de suas estruturas, processos e formas de pensar. O Design Thinking e o pensamento disruptivo vão assumir espaços importantes nas organizações.

Programador

Há quem diga que, antes de aprender uma segunda língua, as crianças precisam aprender a programar. Dos apps do celular até os bilhetes únicos do transporte municipal, é difícil imaginar qualquer aspecto da vida moderna que não tenha um programador no meio. Por isso mesmo, a demanda por profissionais capazes de trabalhar com códigos de desenvolvimento de softwares é incessante.

Especulador de moedas alternativas

As moedas virtuais, do tipo Bitcoin, estão ganhando força e isso é uma boa oportunidade para um especialista que se dedique a estudar esse mercado.

Fazendeiro e jardineiro vertical
As fazendas verticais já existem em cidades como Nova York e Londres. No entanto, essa tendência de cultivo, que consiste em plantar verduras, plantas e aumentar a área verde em prédios e terraços, tende a se espalhar em outras metrópoles do mundo.

_________________________________________________________________________

Profissões que podem desaparecer até 2030

Não dá para afirmar com certeza absoluta que os ofícios a seguir vão sumir, mas especialistas são unânimes em dizer que o número de vagas nessas áreas vão diminuir expressivamente nas próximas décadas. Quem viver, verá!

Taxista

Daqui dez anos, os carros autômatos devem estar em alta. Esses veículos serão responsáveis por promover mudanças radicais nas cidades e também vão acabar com uma série de profissões, como é o caso do taxista, que  já estão sofrendo com os impactos da nova economia no dia a dia de trabalho, com a Uber, por exemplo.

Entregador

O profissão de motoboy, seja pizza ou encomendas, está condenada ao fim. Isso porque essa mão de obra deve ser substituída aos poucos pelas entregas realizadas com drones.

Operador de telemarketing
Especialistas acreditam que a função de operador de telemarketing vai desaparecer em poucos anos. As empresas que cuidam das centrais de atendimento vão substituir a mão de obra humana por computadores. Isso já começou a acontecer.

Árbitro

Novas tecnologias serão incorporadas aos esportes, a fim de facilitar a apuração dos resultados nas partidas de futebol, vôlei, basquete, entre outras modalidades. O árbitro de vídeo, que utiliza imagens captadas das jogos para analisar decisões, já começou a ser usado em partidas pelo país.

Caixa de banco

Os aplicativos dos bancos estão cada vez mais modernos e garantem autonomia para os clientes na hora de realizar operações. Com esse avanço, tudo indica que a profissão de caixa de banco também será extinta.

Fonte: Inova Consulting, PwC, Cia de Talentos e Via Carreira

 

LEIA MAIS

Comércio e indústria ainda não geraram vagas esperadas para fim de ano. Mês teve pior desempenho em três anos

Somente entre janeiro e outubro deste ano foram realizados 4.518 atendimentos, que resultaram em 466 contratações

Concessionária oferece vagas para universitários, mas não informa quantas em Friburgo

Publicidade
TAGS: Emprego | trabalho