Primeira agência dos Correios de Riograndina ainda sem data de inauguração

Obras da sede já terminaram; agora falta apenas autorização da prefeitura para abrir
sexta-feira, 13 de abril de 2018
por Guilherme Alt (guilherme@avozdaserra.com.br)
Foto de capa
A nova agência dos Correios: só falta funcionar (Fotos: Henrique Pinheiro)

Uma das principais necessidades dos moradores do distrito de Riograndina, uma agência dos Correios, está prestes a se realizar. Ou pelo menos, essa é a expectativa, já que a sede da primeira agência da localidade está pronta, mas ainda não está funcionando.

Nascida em Riograndina, Valéria Nascimento, sonha com esse dia. Segundo a moradora, a ansiedade é grande e trará mais comodidade ao distrito. “Sempre pedimos uma agência de Correios aqui. Quando as obras começaram esse ano ficamos felizes e esperançosos”, disse ela.

Ainda de acordo com Valéria, as obras que se iniciaram no começo desse ano já foram finalizadas, mas a inauguração ainda não tem data para acontecer. “A obra ficou pronta em março e até agora nada de começar a funcionar. Não sei o que estão esperando”, observou. Para ter acesso às correspondências, Valéria afirma que muitos moradores precisam ir até o centro da cidade, a mais de 15 quilômetros de distância. “Eu acho um absurdo. Tenho que pagar quase R$ 8 de ônibus toda vez que preciso ir ao Centro, só pra pegar um boleto ou encomenda. A agência vai ajudar muita gente que não tem dinheiro para gastar com isso. Queremos que essa inauguração seja o mais rápido possível”, reclamou outro morador.

De acordo com a nota dos Correios, enviada ontem, 12, “o imóvel é de responsabilidade da Prefeitura de Nova Friburgo e nele deverá funcionar uma agência comunitária dos Correios. A empresa, no entanto, aguarda notificação oficial da prefeitura sobre o término das obras para dar andamento às demais providências. “Lembramos que as agências comunitárias funcionam sempre em parceria entre as prefeituras e os Correios. Nesses casos, o estabelecimento e os funcionários são de responsabilidade da prefeitura”, finaliza a nota.

 

Publicidade
TAGS: