Preso quarto envolvido em espancamento no Terra Nova

Polícia Civil procura ainda um casal. Disque Denúncia oferece R$ 1 mil por informações
quarta-feira, 01 de agosto de 2018
por Jornal A Voz da Serra
Preso quarto envolvido em espancamento no Terra Nova

Policiais civis da 151ª DP prenderam nesta terça-feira, 31, o quarto jovem acusado de envolvimento no assassinato de Renato Nascimento da Conceição, de 43 anos. O homem foi espancado e obrigado e se jogar do quarto andar de um dos prédios do conjunto habitacional Terra Nova, no distrito de Conselheiro Paulino, no mês passado.

O rapaz, de 24 anos, foi encontrado embaixo da cama de um dos cômodos da casa em que a mãe dele trabalha como caseira, em um sítio no Córrego Dantas, na altura do quilômetro da 7 da RJ-130 (Nova Friburgo - Teresópolis). De acordo com a Polícia Civil, o jovem detido foi encaminhado para um presídio no estado.

Outros dois procurados, um casal, continuam foragidos.

O Disque Denúncia está oferecendo R$ 1 mil por informações que levem a eles. As denúncias podem ser feitas via Whatsapp pelo (21) 98849-6099 ou pela Central de Atendimento do órgão (21) 2253-1177, e ainda através do www.facebook.com/procurados.org ou direto na 151ª DP, pelo telefone (22) 2533-1967.

A polícia prendeu este mês outros três jovens, de 18, 21 e 22 anos, por participação no homicídio. Seis tiveram a prisão temporária decretada pela 1ª Vara Criminal de Nova Friburgo. Segundo as investigações, Renato foi agredido, acusado de abusar sexualmente do rapaz preso, de 22 anos, durante uma festa na madrugada do último dia 30 de junho.

Com o vazamento da informação, a prima do jovem molestado, junto com seu namorado, teriam contado a versão do estupro a traficantes da região ligados a facção criminosa Comando Vermelho. De lá, partiram com os bandidos em direção ao condomínio onde Renato morava e cometeram o crime.  

Renato foi agredido com pauladas e facadas. Além das agressões, ele foi obrigado se jogar da janela do apartamento onde vivia, no quarto andar de um dos prédios do condomínio. Ele foi socorrido, levado para o Hospital Municipal Raul Sertã, mas não resistiu aos ferimentos e morreu dois dias depois na unidade de saúde.
 

LEIA MAIS

Polícia agora procura um terceiro envolvido. Menor ostentando dinheiro foi a pista

Ataques a mulheres foram quase cinco por mês em 2018

Vítima foi encontrada pelo irmão, com marcas de espancamento, dentro de casa

Publicidade
TAGS: crime