Preso homem acusado de estuprar sogra com Alzheimer em Olaria

Vítima, de 77 anos, disse à filha que foi abusada pelo genro, de 61, na casa em que a família mora
terça-feira, 14 de maio de 2019
por Jornal A Voz da Serra
Preso homem acusado de estuprar sogra com Alzheimer em Olaria

Um homem de 61 anos foi preso por policiais civis, nesta segunda-feira, 13, acusado de estuprar a sogra, de 77 anos, em Nova Friburgo. A mulher sofre da doença de Alzheimer. O abuso teria acontecido na casa da vítima, no bairro Olaria.

De acordo com a Polícia Civil, no último dia 30 de abril, a filha da idosa esteve com ela na Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) e contou que encontrou a mãe com sangue no short. Questionada, a idosa disse que foi abusada pelo genro.

Ainda segundo a filha da vítima, a idosa sofre de Alzheimer, doença neurodegenerativa crônica que causa demência. A mulher vive acamada e está interditada, sob acompanhamento da filha, há anos.

Imediatamente após a denúncia, agentes da Deam foram atrás do suspeito em Olaria, mas ele desapareceu. Diante das evidências, a delegada Mariana Thomé de Moraes pediu a prisão preventiva ao Juizado de Violência Doméstica e Familiar e Contra a Mulher na cidade.

O mandado foi expedido e, nesta terça-feira, 13, o homem foi encontrado e preso em Rio das Ostras, na Região dos Lagos. Segundo a Polícia Civil, ele vai responder por estupro de vulnerável, conforme a lei federal 11.340/2006, conhecida como lei Maria da Penha.

 

LEIA MAIS

Acusado de homicídio no Bairro Ypu é preso na Granja Spinelli; pistola é apreendida no Alto do Floresta

Caso aconteceu em Cantagalo. Acusado também agrediu fisicamente a mulher, mãe da criança

Homem, que estava sem identificação, tinha aproximadamente 50 anos

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 74 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: crime