Preso acusado de abusar da filha e enteados no Bairro Ypu

Vítimas contaram que os estupros começaram quando elas ainda eram crianças
segunda-feira, 08 de abril de 2019
por Jornal A Voz da Serra
Preso acusado de abusar da filha e enteados no Bairro Ypu

Um homem de 34 anos foi preso na última sexta-feira, 5, no Bairro Ypu, acusado de abusar sexualmente da própria filha e dos enteados adolescentes. A prisão foi efetuada por policiais da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam). A denúncia de abusos foi feita ao Conselho Tutelar de Teresópolis, na última semana, por uma tia dos adolescentes que mora na cidade vizinha. A mulher contou que soube do caso ao conversar com as sobrinhas. Na última quinta-feira, 4, a denúncia chegou ao órgão em Nova Friburgo.

De acordo com o Conselho Tutelar, as vítimas, duas meninas de 14 e 16 anos, e um rapaz, de 17 anos, foram ouvidos e disseram que os abusos começaram quando eles ainda eram crianças. A menina tinha 9 anos, a enteada 7, e o menino disse que foi abusado entre os 9 e 11 anos.

Os menores contaram ao órgão que não denunciaram o suspeito antes porque ele fazia ameaças. A companheira dele, que é a mãe dos enteados e tem outros três filhos com ele, também foi ouvida e disse que não sabia dos abusos. O homem morava com a família no Bairro Ypu.

A denúncia foi encaminhada ao Ministério Público estadual, que pediu à  Justiça a prisão preventiva do acusado. Na sexta-feira, 5, o mandado de prisão foi expedido e o homem detido pelos agentes da Deam na Rua Coronel Zamith, no mesmo bairro.  

De acordo com o Conselho Tutelar, as vítimas estão recebendo acompanhamento de especialistas e terão atendimento psicológico. A filha do suspeito foi morar com a avó, em Teresópolis. Não há denúncia envolvendo as outras três crianças, de 4, 5 e 7 anos, filhos do casal.

 

LEIA MAIS

Nomes das vítimas, do ramo de moda íntima, não foram revelados

Réu Rodrigo Marotti será trazido de presídio no Rio sob esquema especial de segurança; amigos de vítimas planejam manifestação

Veja ponto a ponto o que entrou em vigor com a nova lei sancionada em dezembro

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 74 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: crime