Prefeitura vai ouvir lideranças de Olaria sobre construção de praça

Moradores querem um mercado popular no atual pátio da Smomu
sexta-feira, 07 de junho de 2019
por Guilherme Alt (guilherme@avozdaserra.com.br)
O projeto m ostra como ficaria a praça (Arquivo AVS/ Divulgação PMNF)
O projeto m ostra como ficaria a praça (Arquivo AVS/ Divulgação PMNF)

Os moradores de Olaria estão fazendo pressão frente ao Executivo para que o dinheiro destinado à construção de uma nova praça no bairro seja destinado para outro empreendimento, por exemplo, um mercadão popular. O pátio da sede da Secretaria de Ordem e Mobilidade Urbana, na Rua Vicente Sobrinho, foi o local escolhido para a construção da nova praça. Há a intenção prefeitura junto a antigos feirantes do bairro para que a tradicional feira livre realizada às quintas-feiras e domingos, seja realocada para o espaço onde hoje é o pátio da secretaria.

Uma reunião com as lideranças do bairro, empresários e o prefeito Renato Bravo está marcada para esta segunda-feira, às 10h, em seu gabinete, quando será discutida qual a melhor destinação dos R$ 770 mil, a princípio destinados para a construção da nova praça que prevê espaços de lazer, convivência e recreação infantil, equipamentos para atividades físicas, além de uma área para eventos.

Desde que a prefeitura anunciou o projeto, moradores e comerciantes de Olaria divergem opiniões sobre o investimento com dinheiro público. Enquanto alguns apoiam a construção do mercado popular para abrigar a feira livre, que aos domingos, ocupa ruas centrais, gerando retenções no trânsito do bairro mais populoso da cidade, outros defendem a possibilidade do espaço ser reservado para a construção de uma nova Unidade de Pronto Atendimento (UPA) no bairro. Essa possibilidade foi ventilada na última semana quando o deputado federal Luiz Lima (PSL-RJ), em audiência no Ministério da Saúde, em Brasília, foi informado da intenção do órgão em liberar R$ 3,1 milhões para a construção de mais uma UPA em Nova Friburgo.

 

LEIA MAIS

“As interrupções que ocorriam em períodos de chuvas torrenciais não irão mais acontecer”, garantiu superintendente de concessionária

Por dez votos a seis, maioria dos vereadores friburguenses acompanhou parecer do TCE

Fórum nesta quinta em Magé reunirá representantes dos 15 municípios, incluindo Friburgo, que compõem o Conleste

Publicidade
TAGS: obra | Governo