Prefeitura vai oferecer testes de HIV rápidos e gratuitos esta semana

No Sesc, prevenção e tratamento da Aids serão temas de simpósio na terça
sábado, 30 de novembro de 2019
por Jornal A Voz da Serra
Prefeitura vai oferecer testes de HIV rápidos e gratuitos esta semana

O Dia Internacional de Luta contra à Aids, que tem o objetivo de conscientizar a população sobre uma das doenças que mais mata no mundo e auxiliar no combate contra o preconceito que os portadores de HIV sofrem na sociedade, é celebrado no dia 1º de dezembro. A data foi criada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) com apoio da Organização das Nações Unidas (ONU), em uma assembleia realizada em outubro de 1987 e como acontece todos os anos, Nova Friburgo terá diversos eventos de conscientização ao longo da semana.

Segundo relatório divulgado pelo Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/Aids (Unaids), estima-se que há cerca de 37,9 milhões de pessoas vivendo hoje no mundo com o HIV, que é o vírus causador da Aids. No Brasil, a infecção pelo agente viral aumentou 21% de 2010 para cá, alcançando sobretudo jovens entre 20 e 24 anos.

A Prefeitura de Nova Friburgo, por meio da Secretaria Municipal de Saúde e da Subsecretaria de Vigilância em Saúde estão oferecendo testes com rápidos diagnósticos com o fluído oral para HIV e triagem de Sífilis nesta segunda-feira, 2, na Estratégia Saúde da Família (ESF) do distrito de Riograndina, das 8h às 17h; na próxima quarta-feira, 4, na ESF do distrito de Campo do Coelho, das 9h às 13h; no próximo dia 11 e na ESF Olaria III, das 8h às 17h. Já no Hospital Maternidade Mário Dutra de Castro, serão oferecidos testes de HIV, Sífilis e Hepatites B e C, na próxima quinta, 5, e sexta-feira, 6, aos funcionários da unidade.

Simpósio sobre HIV

Na próxima terça-feira, 3, o Sesc Nova Friburgo vai sediar das 8h às 17h, o 1º Simpósio Municipal sobre HIV, com o tema “E a luta continua”. O evento reunirá especialistas para discutir a prevenção, diagnóstico, tratamento e metodologias educacionais ativas para melhorar a abordagem de profissionais de saúde junto à população.

O simpósio contará com a participação da gerência de saúde do Sesc Rio e representantes da Prefeitura de Nova Friburgo, Secretaria Municipal de Saúde, Subsecretaria de Vigilância em Saúde e Programa IST/Aids/hepatites virais, além de especialistas de diferentes áreas, que irão debater temas como quadro clínico e sintomatologia do HIV, diagnóstico, novos avanços no tratamento, metodologia ativa para educação em saúde, prevenção da transmissão vertical, co-infecção tuberculose-HIV, prevenção combinada e mandala da prevenção.

O Sesc fica na Avenida Presidente Costa e Silva, 231. A entrada é franca, mas as inscrições são limitadas e devem ser feitas pelo link (www.sescrio.org.br).

Programação do simpósio

·         9h: Palestra com a médica Patrícia Hottz –Tema: Epidemiologia e Diagnóstico Clínico de HIV/Aids

·         9h40: Dra. Elvira Maria – Diagnóstico laboratorial do HIV

·         11h: Dr. Thiago Mamede – Novos avanços no tratamento do HIV

·         11h40: Debate

·         12h20: “Sua saúde em 3 tempos” metodologia educacional em HIV/AIDS, com o Dr. Flavio Wittlin e os enfermeiros Allan Ferreira e Marcela Sfalsin

·         14h30: Dra Danyelle Souza – Prevenção da Transmissão Vertical do Vírus HIV

·         15h10: Dr. Luiz Fellipe Braune – Co-infecção Tuberculose-HIV

·         16h10: Enf. Michelle Caetano – Prevenção combinada e Mandala da Prevenção

·         16h50: Debate

 

LEIA MAIS

Iniciativa cria centro de pesquisas voltado à indústria têxtil de Friburgo e prevê aprimoramento de respiradores

Comércio de rua pode abrir também neste sábado; bares e restaurantes podem lotar até 70% da capacidade e fechar às 22h

Maracanã seria, provavelmente, o primeiro estádio a receber torcedores no pós-pandemia

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: saúde | Aids