Prefeitura vai oferecer testes de HIV rápidos e gratuitos esta semana

No Sesc, prevenção e tratamento da Aids serão temas de simpósio na terça
sábado, 30 de novembro de 2019
por Jornal A Voz da Serra
Prefeitura vai oferecer testes de HIV rápidos e gratuitos esta semana

O Dia Internacional de Luta contra à Aids, que tem o objetivo de conscientizar a população sobre uma das doenças que mais mata no mundo e auxiliar no combate contra o preconceito que os portadores de HIV sofrem na sociedade, é celebrado no dia 1º de dezembro. A data foi criada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) com apoio da Organização das Nações Unidas (ONU), em uma assembleia realizada em outubro de 1987 e como acontece todos os anos, Nova Friburgo terá diversos eventos de conscientização ao longo da semana.

Segundo relatório divulgado pelo Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/Aids (Unaids), estima-se que há cerca de 37,9 milhões de pessoas vivendo hoje no mundo com o HIV, que é o vírus causador da Aids. No Brasil, a infecção pelo agente viral aumentou 21% de 2010 para cá, alcançando sobretudo jovens entre 20 e 24 anos.

A Prefeitura de Nova Friburgo, por meio da Secretaria Municipal de Saúde e da Subsecretaria de Vigilância em Saúde estão oferecendo testes com rápidos diagnósticos com o fluído oral para HIV e triagem de Sífilis nesta segunda-feira, 2, na Estratégia Saúde da Família (ESF) do distrito de Riograndina, das 8h às 17h; na próxima quarta-feira, 4, na ESF do distrito de Campo do Coelho, das 9h às 13h; no próximo dia 11 e na ESF Olaria III, das 8h às 17h. Já no Hospital Maternidade Mário Dutra de Castro, serão oferecidos testes de HIV, Sífilis e Hepatites B e C, na próxima quinta, 5, e sexta-feira, 6, aos funcionários da unidade.

Simpósio sobre HIV

Na próxima terça-feira, 3, o Sesc Nova Friburgo vai sediar das 8h às 17h, o 1º Simpósio Municipal sobre HIV, com o tema “E a luta continua”. O evento reunirá especialistas para discutir a prevenção, diagnóstico, tratamento e metodologias educacionais ativas para melhorar a abordagem de profissionais de saúde junto à população.

O simpósio contará com a participação da gerência de saúde do Sesc Rio e representantes da Prefeitura de Nova Friburgo, Secretaria Municipal de Saúde, Subsecretaria de Vigilância em Saúde e Programa IST/Aids/hepatites virais, além de especialistas de diferentes áreas, que irão debater temas como quadro clínico e sintomatologia do HIV, diagnóstico, novos avanços no tratamento, metodologia ativa para educação em saúde, prevenção da transmissão vertical, co-infecção tuberculose-HIV, prevenção combinada e mandala da prevenção.

O Sesc fica na Avenida Presidente Costa e Silva, 231. A entrada é franca, mas as inscrições são limitadas e devem ser feitas pelo link (www.sescrio.org.br).

Programação do simpósio

·         9h: Palestra com a médica Patrícia Hottz –Tema: Epidemiologia e Diagnóstico Clínico de HIV/Aids

·         9h40: Dra. Elvira Maria – Diagnóstico laboratorial do HIV

·         11h: Dr. Thiago Mamede – Novos avanços no tratamento do HIV

·         11h40: Debate

·         12h20: “Sua saúde em 3 tempos” metodologia educacional em HIV/AIDS, com o Dr. Flavio Wittlin e os enfermeiros Allan Ferreira e Marcela Sfalsin

·         14h30: Dra Danyelle Souza – Prevenção da Transmissão Vertical do Vírus HIV

·         15h10: Dr. Luiz Fellipe Braune – Co-infecção Tuberculose-HIV

·         16h10: Enf. Michelle Caetano – Prevenção combinada e Mandala da Prevenção

·         16h50: Debate

 

LEIA MAIS

Incentivo financeiro deve ser usado pelas prefeituras para registrar mais pessoas nos serviços da atenção primária

Com setor interditado desde setembro, lavagem de roupa hospitalar está sendo feito através de contrato emergencial, a R$ 110.400 por 4 meses

Roberto Montechiari e Adriana Ouverney comentam aprovação pela Anvisa

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 74 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: saúde | Aids