Prefeitura e PM retiram moradores de rua do coreto da Getúlio Vargas

Foram abordados hoje pela manhã 12 adultos e dois adolescentes
segunda-feira, 11 de março de 2019
por Jornal A Voz da Serra
(Foto: Henrique Pinheiro)
(Foto: Henrique Pinheiro)

O 11ºBPM, em parceria com a Secretaria Municipal de Assistência Social, Direitos Humanos e Trabalho, realizou na manhã desta segunda-feira, 11, uma ação preventiva para fiscalizar algumas pessoas que estão ocupando o coreto da Praça Getúlio Vargas. Segundo a prefeitura, o trabalho, teve a finalidade de retirar daquele espaço público pessoas que costumam ocupar o coreto e, segundo denúncias de transeuntes costumam utilizar o local para o consumo de drogas e bebidas alcoólicas, além de importunar frequentadores da principal praça da cidade. A abordagem teve o apoio de policiais militares, guardas municipais e agentes da Secretaria Municipal de Serviços Públicos.

No total, 12 adultos (sendo dois andarilhos argentinos) e dois menores foram abordados. Eles foram encaminhados às suas residências, já que possuem autonomia e moradia fixa, e encaminhados também para o serviço de Saúde Mental da prefeitura. Já os adolescentes foram atendidos pelo Conselho Tutelar, que localizou os responsáveis e fará, a partir de então, o acompanhamento familiar dos mesmos.

A secretária de Assistência Social, Emmanuele Marques, reforça que, é importante que a população acione a Polícia Militar sempre que flagrar atos libidinosos e tráfico de drogas praticados por moradores de rua em espaços públicos do município. "Este tipo de situação é considerada crime e a Polícia Militar é quem pode coibir a prática. Ainda assim, a Secretaria de Assistência Social continuará atuante com as ações de orientação, prevenção e de busca ativa", enfatizou a Emmanuele. A prefeitura informou ainda que ações como a de ontem irão continuar nos próximos dias.

 

Publicidade