Prefeitura convoca 22 aprovados no concurso de 2015

Profissionais chamados são agentes administrativos, assistentes sociais, pedagogos e contadores, entre outros
sexta-feira, 11 de maio de 2018
por Alerrandre Barros (alerrandre@avozdaserra.com.br)
Foto de capa

A Prefeitura de Nova Friburgo publicou nesta sexta-feira, 11, a  convocação para 22 profissionais classificados no concurso público realizado em 2015. O edital para nomeação e posse está disponível no Diário Oficial do município, em A VOZ DA SERRA, e também pode ser acessado em www.pmnf.rj.gov.br.

São chamados três agentes administrativos, seis assistentes sociais, um encarregado de lavanderia, dois pedagogos, um psicólogo, um mecânico, um técnico em gestão de recursos humanos, dois agentes fazendários, dois contadores, dois técnicos de contabilidade e um auditor fiscal.

Os convocados devem comparecer da próxima segunda-feira, 14, até o dia 22 (exceto feriado do dia 16), das 10h às 17h30, na Subsecretaria de Recursos Humanos da prefeitura (Avenida Alberto Braune, 225) para entrega de documentos e assinatura do Termo de Aceitação para Provimento de Cargo Efetivo. A lista de documentos consta no anexo do edital 026/2018.

Em seguida, o profissional convocado passará por avaliação médica. A posse está prevista para o dia 23 de maio. No ato da posse, o profissional deverá preencher Declaração de Acumulação ou Não de Cargos/Empregos/Funções e já poderá começar a trabalhar no setor designado pelo município.

A prefeitura já decidiu que vai prorrogar por mais dois anos o resultado final do concurso de 2015. A classificação foi homologada em dois editais: o primeiro no dia 13 de maio de 2016 e o segundo, no dia 27 de junho de 2016. O prazo de convocação termina, portanto, este ano. Com a prorrogação, que foi publicada no Diário Oficial desta sexta, a prefeitura poderá fazer chamamentos até 2020.

O concurso ofereceu 868 vagas imediatas para vários cargos e em todos os níveis de formação. Até abril, 357 aprovados haviam sido convocados, sendo que, destes, 272 estão ativos. Nem todos tomaram posse porque desistiram da vaga ou não cumpriram os requisitos. “Para suprir as vagas ofertadas, faltam 596 pessoas a serem convocadas, porém, apenas 291 vagas serão preenchidas, em função de não termos candidatos aprovados e classificados em alguns cargos”, informou o governo no mês passado.

Publicidade
TAGS: