Prefeito toma café com jornalistas e faz balanço do governo

Renato Bravo fala das dificuldades enfrentadas, as perspectivas para 2018 e se mostra otimista
quinta-feira, 21 de dezembro de 2017
por Ana Borges
O encontro com jornalistas (Fotos: Joao Luccas Oliveira/ Divulgação)
O encontro com jornalistas (Fotos: Joao Luccas Oliveira/ Divulgação)

Confiante e aparentando tranquilidade, o prefeito Renato Bravo recebeu jornalistas em seu gabinete na manhã de ontem, 21, para um café da manhã de confraternização de fim de ano. Após cumprimentos e conversas informais, cercou-se de seus convidados e foi direto ao ponto: “Em 2018, começaremos o ano dando continuidade, com mais empenho ainda, e muito trabalho, para fazer da festa do bicentenário de Nova Friburgo um marco na vida dos friburguenses”. Em seguida, falou, resumidamente, das dificuldades que a burocracia impõe ao andamento dos projetos elaborados pelo seu governo.

“Entre outras, estamos consolidando parcerias para o projeto Nova Friburgo Mais Verde, mas, neste caso, houve um atraso processual. Aliás, essa tem sido uma dificuldade, porque esses processos têm que passar pela procuradoria, controladoria, e se está relacionada a uma secretaria específica, tem que ir primeiro para a Secom. Tem todo um trâmite exigido pelo Tribunal de Contas, sem contar a demanda de informações que o Ministério Público solicita, e que deve ser dada em tempo hábil, entre outras questões burocráticas”, comentou, a título de esclarecimento sobre como é complicado tocar projetos. Aproveitou a descontração do encontro para citar “a amizade com alguns profissionais, alguns aqui até peguei no colo”, brincou, e que sempre pautou a sua relação pessoal e como homem público com a imprensa, baseado no respeito mútuo. “Devo dizer que vamos ter boas notícias, não só neste final de ano, ainda, como no próximo ano também”.

Depois o prefeito abordou a situação financeira do município quando assumiu o governo. “Nos deparamos com uma dívida em torno de R$ 30 milhões, um valor alto para um orçamento real de R$ 400 milhões. Mas conseguimos saldar. Passamos a fazer os pagamentos em dia, o que era um grande desafio, conseguimos antecipar a segunda parcela do 13º salário deste ano, o que nos deixou satisfeitos, eu diria até aliviados, levando em conta o que o governo do estado está passando para pagar seus funcionários. Conseguimos também recuperar várias emendas que haviam sido praticamente perdidas, e emplacar outras emendas, de 2017, e as que estão em andamento para 2018”, comentou, e após outras curtas abordagens, encerrou sua fala desejando os votos de Feliz Natal e próspero Ano Novo, ‘com paz e saúde para todos”.

Em seguida, o prefeito passou a palavra para o subsecretário de Comunicação, Luciano Espíndola, que teceu comentários gerais sobre o primeiro ano de governo e em particular sobre as relações do Executivo com os órgãos de imprensa, que espera sejam cada vez mais estreitadas e eficazes. “A Secom elaborou um balanço deste primeiro ano de governo, que estará na página oficial do governo, nos próximos dias, cujos dados podem ser conferidos e servir de base e fundamentar matérias que vocês porventura pretendam produzir. Estamos cientes de que nem sempre atendemos a contento e a tempo a demanda da imprensa, que repórteres têm prazos para liberar suas reportagens, e às vezes acontece um “ruído” entre as partes. Mas quero reafirmar que a Secom vai trabalhar mais e sempre para atender da maneira mais rápida e eficiente a todos”, reiterou.    

 

Publicidade
TAGS: