Praça vira um ginásio a céu aberto neste sábado

Em homenagem ao educador físico, Dermeval Barbosa é tomada por esportistas
sábado, 02 de setembro de 2017
por Guilherme Alt
Foto de capa
Dezenas de pessoas se exercitam na praça (Foto: Henrique Pinheiro)

A Universidade Estácio de Sá, em parceria com a Secretaria municipal de Esportes, Lazer e Políticas Públicas para a Juventude, organizou na manhã deste sábado, 2, um evento repleto de atividades físicas na Praça Dermeval Barbosa Moreira. A ideia foi convocar os friburguenses a “mexerem o esqueleto”, em homenagem ao Dia do Profissional de Educação Física, comemorado nesta sexta-feira.

Mais de cem pessoas aderiram às atividades. Houve aulas de rugby, vôlei, basquete, futebol, crossfit e, ainda, espaços jogar peteca e crianças brincarem em camas elásticas.

De acordo com o secretário de Esportes, Waldemir Caetano, o intuito é conscientizar a população a levar um vida saudável e atrair pessoas a praticarem mais atividades físicas. “O evento foi aberto ao público justamente para que as pessoas pegassem o gosto pela prática de esportes. Tivemos uma manhã movimentada e o evento ocorreu com muita tranquilidade”, afirmou.

À primeira vista o objetivo parece ter sido alcançado. Isso porque as amigas Suelen Nunes, Letícia dos Santos e Helen Rodrigues, fizeram pela primeira vez uma aula de crosfitt. Apesar do cansaço, as três pegaram o gosto pela atividade. “A aula é maravilhosa. Morremos de cansaço, mas foi sensacional. Apesar de não termos conseguido completar o percurso, vamos nos matricular em uma academia de crossfit”, disseram.

A professora Cláudia Edom, da academia Crossfit Friburgo, foi uma das orientadoras da aula adaptada para alunos iniciantes e explicou que o exercício pode ser feito por qualquer pessoa. “Hoje nós fizemos uma aula para que as pessoas que nunca praticaram Crossfit pudessem acompanhar. Tivemos alunos de diferentes idades e portes físicos. Cada um vai no seu limite”.

O estudante Pedro Fernandes experimentou um pouco do rugby e, apesar de gostar do esporte, esquivou-se quando perguntado se iria continuar a praticar. “Eu costumo assistir a jogos pela TV, mas até mesmo pelo meu porte físico, sou muito magro, acho melhor não me arriscar tanto. Hoje fiz uma aula, aprendi alguns movimentos, mas para praticar, prefiro o bom e velho futebol”, brincou.

De acordo com o coordenador do curso de Educação Física da Estácio de Sá, Oton Lima, Nova Friburgo tem cerca de 20 mil pessoas que praticam exercícios físicos e o mercado para os profissionais da área é amplo. “Se pensarmos em números, Friburgo tem cerca de 180 mil habitantes, mas e os outros 160 mil que não praticam exercícios? São oportunidades esperando um bom profissional, boas ideias, boas atividades que possam mudar a qualidade de vida de alguém”, explicou.

 

LEIA MAIS

Interessados devem procurar unidades de saúde nos dias 2 e 3 de outubro. Ao todo, são 88 vagas para agentes comunitários

Destinação dos recursos ainda será definida pela prefeitura

Secretaria de Saúde convoca população a doar sangue. Unidade funciona anexa ao Hospital Raul Sertã

Publicidade
Agora Faz
TAGS: fitness | saúde