Potencial econômico de Friburgo é tema de debate na Alerj

Fórum de Desenvolvimento do Rio realiza nesta quarta, no plenário, seminário sobre a cidade
terça-feira, 08 de maio de 2018
por Jornal A Voz da Serra
Foto de capa
A Alerj com a faixa convidando para exposição sobre Friburgo no Salão Nobre (Arquivo AVS)

Para celebrar o bicentenário de Nova Friburgo, o Fórum de Desenvolvimento do Rio, órgão da Alerj, realiza nesta quarta-feira, 9, no plenário da casa, das 9h30 às 13h, o seminário “Nova Friburgo 200 anos: potencialidades e agenda para o futuro”, uma abordagem dos aspectos econômicos de cinco dos principais setores presentes na região. O Palácio Tiradentes (Alerj) fica na Rua Primeiro de Março, s/nº, Centro.

Com 182 mil habitantes, Nova Friburgo conta com um forte setor industrial, responsável por 40% do PIB do município. Os setores de maior destaque são os metalmecânico e têxtil, mas a economia friburguense não se resume a estes dois. Com a criação de polos em segmentos como o da cervejaria artesanal, audiovisual e da agricultura, a cidade vem ganhando espaço com exemplos bem-sucedidos de arranjos produtos locais, beneficiando também toda a região.

“Nova Friburgo é uma das cidades mais dinâmicas do Brasil, de uma beleza natural extraordinária e dona de uma história única formada por muitos povos. Esses aspectos oferecem ao estado mais que exemplo, acima de tudo, oportunidades. O legado para Nova Friburgo é fundamental e precisamos discutir as problemáticas e alternativas para crescermos. O debate da agenda econômica é uma grande chance de construirmos caminhos importantes para o município junto a esses setores”, afirmou o deputado Wanderson Nogueira (Psol), idealizador do evento.

Na ocasião, serão detalhados os dados e o histórico dos segmentos cervejeiro, têxtil, audiovisual, metalmecânico e agrícola, além do impacto dessas atividades no desenvolvimento local.

O debate contará com a participação do diretor executivo da Associação da Indústria Cervejeira de Nova Friburgo e Região (Beer Alliance), Sérgio Paiva; do vice-presidente de Agronegócios da Associação Comercial Industrial e Agrícola de Nova Friburgo (Acianf), Paulo Roberto Cordeiro; da diretora-presidente do SerraAção - Polo Audiovisual de Nova Friburgo e Região, Rosana Barroso; do presidente do Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e do Material Elétrico de Nova Friburgo (Sindimetal), Claudio Tângari; do presidente do Sindvest, Marcelo Porto; e do coordenador da Divisão de Estudos Econômicos do Rio de Janeiro da Firjan, William Figueiredo.

O cônsul-geral da Suíça no Rio de Janeiro, Rudolf Wyss também falará sobre a relação entre o seu país e o município.

Nova Friburgo foi a primeira cidade do país colonizada por suíços, com a chegada, em 1818, de 261 famílias, ao Brasil, após autorização dada pelo rei Dom João VI. O nome é uma homenagem à cidade de Fribourg, local de onde veio a maioria dos colonizadores. Após o seminário, haverá ainda uma programação cultural com a exibição de curtas-metragens rodados em Friburgo e degustação de produtos da região.

O evento é aberto ao público e a entrada é gratuita. Para confirmar presença basta encaminhar um e-mail com nome completo e cargo que ocupa: forumdesenvolvimentorj@gmail.com.

Programação:

10h15 – Abertura

Deputado Wanderson Nogueira (Psol).

10h30 – “Cenário atual, agenda de futuro e recuperação econômica pós 2011”

William Figueiredo, coordenador da Divisão de Estudos Econômicos do Rio de Janeiro da Firjan.

10h45 – “Ações socioambientais criam novas oportunidades de negócios para agricultores da região”.

Paulo Roberto Celles Cordeiro, vice-presidente de Agronegócios da Acianf.

11h – “Interiorização da produção audiovisual transforma a cidade em celeiro cultural e artístico do país”.

Rosana Barroso, diretora presidente do SerraAção - Polo Audiovisual de Nova Friburgo e Região.

11h15 – “Os 200 anos da indústria metalmecânica na região, a geração de empregos e a forte contribuição para o PIB do município”.

Claudio Tângari, presidente do Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e do Material Elétrico de Nova Friburgo (Sindmetal).

11h30 – “Nova Friburgo: Capital Brasileira da Moda Íntima”.

Marcelo Porto, presidente do Sindicato das Indústrias do Vestuário de Nova Friburgo e Região (Sindvest).

11h45 – “Marca coletiva de cervejas prepara Nova Friburgo para receber Indicação Geográfica (IG)”.

Sérgio Paiva, diretor executivo da Associação da Indústria Cervejeira de Nova Friburgo e Região (Beer Alliance)

12h – “Suíça Brasileira: as relações e a história da colonização”.

Rudolf Wyss, cônsul geral da Suíça no Rio de Janeiro.

 

LEIA MAIS

Só da Suíça vieram 35 pessoas, entre autoridades, representantes de instituições e jornalistas

Obra também terá versões digital e simplificada para a rede municipal de ensino

Sucesso de público faz mostra ser estendida até 29 de maio no Salão Nobre do Palácio Tiradentes

Publicidade
Agora Faz
TAGS: 200 anos