Ponte de madeira que liga bairro da Graça à Via Expressa é reformada

A pedido de moradores, temendo pela segurança, coreto foi retirado do local
quarta-feira, 06 de novembro de 2019
por Guilherme Alt (guilherme@avozdaserra.com.br)
A ponte em obras (Foto: Henrique Pinheiro)
A ponte em obras (Foto: Henrique Pinheiro)

 

esde a semana passada a ponte de pedestres sobre o Rio Cônego e que liga o bairro da Graça à Via Expressa, em Olaria, está interditada para serviços de reforma. A obra é realizada pela Secretaria Municipal de Obras. Segundo a Prefeitura de Nova Friburgo, o piso, chamado de pranchão, está sendo reformado. Será colocado um guarda corpo de madeira para proteção dos pedestres. Os troncos que servem de base da travessia já foram substituídos por novos. A previsão para o término da reforma é na próxima semana.

Ainda de acordo com a prefeitura, somente pedestres poderão utilizar a passagem, sendo proibido o trânsito a ciclistas (a não ser que eles passem pela ponte empurrando as bicicletas) e motociclistas que, comumente utilizam a via como atalho. 

Coreto

A prefeitura informou ainda que o coreto em frente a ponte de madeira foi retirado do local e que a obra é um pedido dos moradores da localidade, que alegaram preocupação com a segurança, já que o espaço vinha sendo abrigo para usuários de drogas e pessoas em situação de rua.

“Era um perigo passar por aqui, as madeiras estavam podres e algumas delas soltas. Essa ponte é muito importante, pois evita que a gente dê uma volta muito grande tendo que passar pelo centro de Olaria para chegar à Via Expressa. O problema é que as pessoas não colaboram e até motociclistas trefegavam pela ponte, colocando a vida de todos em risco”, alegou um morador de Olaria que costuma usar a ponte com frequência. 

Outra moradora do bairro lembrou que o ideal seria instalar algum obstáculo no acesso às duas cabeceiras da ponte para evitar que os motociclista continuem usando a ponte como atalho. “Mas e aí como os cadeirantes vão poder passar. É um problema de difícil solução. Mesmo que seja proibido passar motos aqui, os pilotos vão desrespeitar. Tenho certeza”, acredita ela.   

 

LEIA MAIS

Órgão de preservação do patrimônio solicitou alguns dias para emissão e formalização de um parecer

Novo destino seria o pátio da Secretaria de Mobilidade Urbana

Assunto será a paralisação das obras de remodelação da antiga rodoviária urbana

Publicidade

Há 74 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: obra