Polícia flagra captação irregular de água em Bom Jardim

Segundo agentes da UPAm, área também foi desmatada em Barra de Santa Teresa
sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019
por Jornal A Voz da Serra
Imóvel construído dentro de uma Área de Preservação Permanente (Foto: UPAm)
Imóvel construído dentro de uma Área de Preservação Permanente (Foto: UPAm)

A Polícia Ambiental interditou um sistema de captação ilegal de água e flagrou uma área desmatada próximo a uma cachoeira em Barra de Santa Teresa, em Bom Jardim. A ação ocorreu no último domingo, 17, e foi divulgada nesta quarta-feira, 20. Ninguém foi detido.

Os agentes da Unidade de Policiamento Ambiental (UPAm) do Parque Estadual dos Três Picos foram até o local após receber uma denúncia pelo programa Linha Verde do Disque Denúncia, telefone 0300 253 1177, sobre a instalação de manilhas dentro de um rio.

Foram flagradas duas pontes feitas de manilhas de artefato de cimento, além de um imóvel construído dentro de uma Área de Preservação Permanente (APP). Ao longo do córrego Santa Tereza, havia um encanamento que despejava dejetos dentro do rio, além da captação de água através de tubos de PVC sem licença ambiental.

De acordo com a polícia, ninguém foi encontrado no local durante o flagrante. O caso foi registrado na 158ª Delegacia de Polícia, em Bom Jardim, responsável pelas investigações.

 

LEIA MAIS

Antes “invisível”, local agora tem até bancos e canteiros ornamentados por pequenas árvores, flores e plantas de todos os tipos

Veículos reforçarão frotas das oito Unidades de Policiamento Ambiental (UPAm) para operar em todas as regiões do estado

Leitores denunciam descarte irregular próximo à Igreja de São Bento Abade

Publicidade