Polícia faz buscas em Friburgo por acusado de matar namorada no Rio

Bruno Ferreira Correia tem parentes no loteamento Solares. Ele teve prisão decretada pela Justiça
quinta-feira, 27 de junho de 2019
por Jornal A Voz da Serra
Polícia faz buscas em Friburgo por acusado de matar namorada no Rio

A Polícia Civil realizou buscas nesta quarta-feira, 26, na casa de parentes de um homem no loteamento Solares, no bairro São Geraldo, em Nova Friburgo, acusado de matar a namorada, no último sábado, 22, em Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio. 

Bruno Ferreira Correia, de 36 anos, teve a prisão decretada pela Justiça, após não se apresentar para prestar esclarecimentos à Delegacia de Homicídios da capital. Ele é o principal suspeito de matar a namorada, Luiza Nascimento Braga, de 25 anos, estudante de ciência sociais da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj).

O corpo da jovem foi achado na casa de Bruno, no bairro do Anil, em Jacarepaguá, com sinais de estrangulamento e lesões por objetos cortantes. Segundo a polícia, a família de Luiza afirmou que Bruno não aceitava o fim do relacionamento. Vizinhos do endereço do crime também foram ouvidos. 

Segundo os depoimentos, na sexta-feira, 21, teria havido uma discussão entre o casal. Depois disso, Bruno não foi mais visto. Segundo relatos de amigos e familiares, ele apagou os perfis nas redes sociais. Testemunhas dizem que ele devolveu o imóvel que alugava. E levou todos os pertences, alegando que viajaria.

O Disque Denúncia está oferecendo R$ 1 mil por informações que levem a ele. Quem tiver qualquer informação a respeito da localização do suspeito pode denunciar pelo telefone (21) 2253-1177 ou pelo Whatsapp ou Telegram (21) 98849-6099. O anonimato é garantido. 

 

LEIA MAIS

Criança estava indo a mercearia em São Geraldo quando aceitou carona de moto de conhecido da família

Ninguém foi preso e o caso foi registrado na Deam de Friburgo. Suspeito disparou 3 vezes

Segundo seus advogados, suspeito entregou tanto o seu celular quanto o da vítima, para demonstrar a disposição de ajudar nas investigações

Publicidade
TAGS: crime