Pesquisa aponta: 77% dos friburguenses leem regularmente A VOZ DA SERRA

Jornal foi o veículo mais cotado em levantamento que ouviu mais de 800 pessoas em diversos bairros da cidade
sábado, 06 de abril de 2019
por Jornal A Voz da Serra
Pesquisa aponta: 77% dos friburguenses leem regularmente A VOZ DA SERRA

Na semana do aniversário de A VOZ DA SERRA, o consultor Ugo Luiz Motroni Marins, membro da Sociedade Brasileira de Pesquisas de Mercado Opinião e Mídia e diretor do Instituto de Pesquisas IPP - Consultoria e Pesquisas nos procurou para comunicar o bom êxito obtido pelo jornal perante os leitores de Nova Friburgo na recente pesquisa “Programa de Qualidade Cliente Satisfeito”. O levantamento foi realizado pelo IPP entre os dias 4 e 14 de janeiro deste ano, com mais de 800 entrevistados em 12 bairros de Nova Friburgo e ainda no distrito de Conselheiro Paulino. A pesquisa aponta A VOZ DA SERRA como o veículo de comunicação de maior preferência do público consumidor, sendo avaliado positivamente por 50% dos entrevistados.

O levantamento estatístico de preferência “Share of Choice”, organizado e dirigido pelo IPP, é feito com amostragem estratificada e sorteio aleatório, tendo como universo o conjunto de empresários, executivos e profissionais liberais do município. O objetivo da pesquisa é detectar o posicionamento que as empresas ocupam na mente dos consumidores quando se fala em qualidade e atendimento.

Avaliando todos os votos, incluindo nulos e brancos, o jornal foi o veículo mais bem posicionado pela preferência popular, seguido dos impressos de âmbito estadual e até nacional. O Globo aparece na segunda posição (10,71%); seguido pelos jornais cariocas Extra (8,33%); Meia Hora (3,57%) e O Dia (2,38%). Outros veículos alcançaram 4,76% dos votos e 20,35% não apresentaram opção. Já avaliando somente os votos válidos, o índice de participação de A VOZ DA SERRA levantado pelo IPP chega a 64% dos entrevistados.

Ainda sobre os veículos de comunicação, 77% dos participantes informaram que leem regularmente A VOZ DA SERRA para se informar, destacando ainda a capacidade do veículo em publicar conteúdo jornalístico exclusivamente local. Outros 22% responderam que têm acesso esporádico às notícias veiculadas pelo jornal.

O estudo, segundo o IPP, é do tipo tracking, onde as informações são levantadas anualmente. Em 2019 os bairros selecionados para a pesquisa foram: Centro; Duas Pedras; Jardim Ouro Preto; Prado; Olaria; Cônego; Cascatinha; Ypu; Ponte da Saudade; Braunes; Village; Perissê; e Conselheiro Paulino.

Segundo o instituto, os questionários preenchidos pelos entrevistadores sofrem fiscalização em 20% para verificação de dados e consistência de quotas amostrais. A filtragem é de 100% e os resultados com diferença de até quatro pontos percentuais são considerados empate técnico. O intervalo de confiança é de 95%. Isso significa que se o mesmo estudo fosse realizado simultaneamente 100 vezes, em 95 dos casos os resultados estariam dentro da margem apresentada nesta pesquisa.

Todos os dados da pesquisa, segundo o consultor responsável, Ugo Motroni Marins, são processados em ambiente informatizado e os resultados de gráficos ou tabelas que não totalizam 100% são decorrentes de arredondamento de cálculo. O público-alvo escolhido é composto de comerciantes, empresários e comerciários. A escolha de entrevistados destes segmentos, de acordo com a pesquisa, se dá pela necessidade de uma avaliação mais crítica sobre o mercado como um todo. Entre os entrevistados, a maioria eram homens (55%). A idade dos escolhidos variou entre 18 e 75 anos, estando a maioria na faixa entre 36 e 46 anos (28%).

O argumento da abordagem foi: “Aponte as empresas e profissionais liberais que em sua opinião, no período de um ano lhe prestou a melhor qualidade e melhor atendimento na cidade de Nova Friburgo”.

 

Publicidade