Perigo, atenção, parabéns: radares educativos são instalados em Friburgo

Prefeitura diz que equipamentos servirão apenas para orientar motoristas com relação à velocidade adequada, sem multar
sexta-feira, 01 de novembro de 2019
por Fernando Moreira (fernando@avozdaserra.com.br)
O radar no Viaduto Geremias de Mattos Fontes (Fotos: Henrique Pinheiro)
O radar no Viaduto Geremias de Mattos Fontes (Fotos: Henrique Pinheiro)

 

Uma ação da Prefeitura de Nova Friburgo tem chamado atenção e gerado inúmeras especulações nas redes sociais nos últimos dias. Estão sendo instalados radares de velocidade em alguns pontos da cidade. Seriam para multar os motoristas que pisam firme no acelerador? Quando eles irão começar a funcionar de fato? Quantos são e onde ficarão localizados? A VOZ DA SERRA foi atrás dessas e de outras respostas para esclarecer a população friburguense sobre essa nova iniciativa do governo municipal.

Segundo informações da Secretaria de Ordem e Mobilidade Urbana (Smomu), passadas ao jornal através da Subsecretaria de Comunicação (Secom) da prefeitura, os equipamentos instalados são radares educativos que visam aumentar a segurança no trânsito. Os equipamentos servirão para orientar os motoristas com relação a velocidade adequada que deve ser seguida nas vias urbanas, sem o objetivo de multar.

Serão três equipamentos fixos. Um já instalado no viaduto Geremias de Mattos Fontes (sentido Centro), outro na Avenida Hans Gaiser e mais um na Avenida Presidente Costa e Silva, em frente ao Sesc. Outros dois radares educativos móveis também serão utilizados de maneira itinerante na cidade, sendo posicionados em locais diferentes, de acordo com os registros de acidentes, como a Via Expressa, e Avenida Governador Roberto Silveira, no distrito de Conselheiro Paulino.

Ainda de acordo com a nota enviada pela Smomu, os equipamentos estão sendo instalados pela empresa fabricante, a Eletro-Sinal, de Maringá-PR, mesma empresa responsável pela instalação do sistema de monitoramento de câmeras nos sinais de trânsito. Ainda de acordo com a Smomu, a instalação dos radares não vai gerar custo ao município, uma vez que os equipamentos foram cedidos pela fabricante por quatro meses para teste. A secretaria esclareceu também que o funcionamento do sistema depende da conclusão da instalação elétrica, cuja previsão é até o próximo dia 15.

A nota informa ainda que o prefeito Renato Bravo estudou com a equipe da Smomu, os locais onde os radares deveriam ser instalados. As escolhas tiveram como base o índice de acidentes em cada trecho.

Como vai funcionar

Os radares têm um painel de led que informa a velocidade do veículo, junto com as mensagens de “perigo”, “atenção” e “parabéns”, que aparecerão de acordo com a velocidade atingida pelo veículo. "Esse método tem funcionado em várias partes do país, de forma educativa, pois os motoristas observam a sua velocidade e podem controlá-la. Isso já trouxe melhora em relação ao comportamento dos condutores. Esperamos que seja assim também em Nova Friburgo", disse o secretário Marques Henrique, da Smomu.

 

LEIA MAIS

Ocupação de espaço de lazer por carros e motos gera indignação no vilarejo

Prefeitura diz que intervenção foi feita em caráter experimental

Eles ajudarão agentes da Secretaria Municipal de Ordem e Mobilidade Urbana

Publicidade

Há 74 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: Trânsito