Pênaltis sagram dois últimos campeões friburguenses de 2018

Unidos do Alto e Guerreirinhos faturam Municipais Sub-20 e Sub-15
quinta-feira, 20 de dezembro de 2018
por Vinicius Gastin
Pênaltis sagram dois últimos campeões friburguenses de 2018

O final de semana decisivo no cenário do futebol amador de Nova Friburgo também contou com duas finais para as categorias de base. A cidade conheceu no último sábado, 15, os dois últimos campeões friburguenses em 2018, após duas partidas equilibradas no campo do Cascatinha Esporte Clube, e decididas apenas na disputa de pênaltis. As definições dos Campeonatos Municipais sub-15 e sub-20 encerraram o calendário oficial de atividades da Liga Nova Friburgo de Desportos, que em janeiro terá eleições para definir a próxima diretoria da entidade.

“Nós temos um calendário, que começou no início do ano com o sub-17 e depois participamos do campeonato de seleções desta mesma categoria. Fizemos o sub 11 e sub 13, com Guerreirinhos e Nova Friburgo campeões. Agora encerramos o sub-15 e sub-20, respeitando o calendário. Os jogos são bem disputados, as famílias comparecem para apoiar os filhos e nós temos bons públicos. Estou terminando o mandato agora, no final do ano, ainda não sabemos que vai assumir a Liga a partir de janeiro. Nós plantamos a semente, e esperamos que a próxima diretoria possa manter isso”, resume Luciano Faria, atual presidente da entidade.

Com arquibancadas tomadas por familiares, amigos e torcedores dos quatro clubes envolvidos nas finais, o estádio do Cascatinha teve um sábado diferente. Logo no primeiro confronto valendo taça, Guerreirinhos / São Pedro e Grêmio, de Conselheiro Paulino, fizeram um jogo repleto de oportunidades, emoção e equilíbrio, traduzido no placar. Como previa o regulamento, o empate levaria a decisão para os pênaltis. E, diga-se de passagem, as duas equipes foram bem competentes, sendo que o goleiro do time de São Geraldo conseguiu defender uma cobrança do adversário. Festa do Guerreirinhos / São Pedro, que também havia conquistado o Municipal sub-11.

Na classificação geral da primeira fase, o São Pedro terminou na primeira colocação, com nove pontos conquistados, seguido por Grêmio (6), Nova Friburgo (3) e o Stucky que não pontuou na competição.

Assim como no infantil, a decisão do Municipal Sub-20 foi marcada pelo equilíbrio. No entanto, com muita mais tensão e transpiração do que inspiração. Apesar da qualidade individual dos dois times, com atletas conhecidos, inclusive com passagens pela base do Friburguense e clubes do Rio de Janeiro, o lado emocional teve peso diferente. A arbitragem, por exemplo, teve trabalho para controlar os ânimos dos jogadores. Se o São Luiz teve um pouco mais de posse de bola e tentou trabalhar mais a posse, o Unidos do Alto ganhou quase todas as bolas divididas. No entanto, cabe ressaltar que, no tempo normal, o goleiro Junior trabalhou mais, sendo o time do Alto de Olaria aquele que criou mais oportunidades claras para marcar. O São Luiz também teve pelo menos uma grande chance já no final do jogo, praticamente debaixo do travessão, mas não aproveitou.

Como o 0x0 persistiu no placar, o título do sub-20 também foi decidido nas penalidades. O Unidos do Alto perdeu a primeira cobrança, enquanto o São Luiz converteu. Entretanto, a equipe do Alto de Olaria converteria todos os demais, enquanto o adversário desperdiçou dos pênaltis. Depois da derrota em 2017, exatamente nas penalidades, o Alto pôde comemorar a conquista do título.

“A nossa comunidade do Alto de Olaria tem 99,9% de trabalhadores, todo mundo corre atrás. E está aí o resultado, essa é a diferença, não desmerecendo o São Luiz. Eles têm uma grande equipe, e assim como o Alto, estão crescendo no futebol municipal. Parabéns também aos demais times que participaram da competição. Temos seis atletas do sub-20 que jogam no nosso time principal. Só temos que agradecer a Deus, e continuar dando uma razão de viver para essa garotada, incentivando o dom de jogar futebol que foi concedido a eles”, resume Nelson Mello, o Nelsinho do Alto, presidente do clube campeão.

Participam da edição deste ano as equipes do Nova Friburgo, Unidos do Alto, Botafoguinho, São Pedro e São Luiz. O campeão da edição anterior, o Varginha, que contou com o reforço de vários atletas do São Pedro, não participou este ano. As partidas aconteceram em locais alternados a cada rodada, e a competição foi promovida em paralelo com o Municipal Sub-15.

Na primeira fase, as equipes jogaram entre si em turno único, aos sábados, sempre no mesmo local, com duração de 45 minutos em cada tempo (nas categorias sub-11 e sub-13, por exemplo, a duração dos tempos é menor). As quatro equipes mais bem colocadas foram semifinalistas, com vantagem do empate para o primeiro e segundo colocados da fase inicial. No jogo da final não houve vantagem, e por isso, o título foi decidido nos pênaltis. Cada equipe pôde inscrever o número máximo de até 25 atletas até a realização da primeira rodada do campeonato.

Publicidade
TAGS: