Oficina Escola de Artes é arrombada e tem equipamentos furtados

Aulas de balé e canto coral que seriam realizadas nesta segunda foram canceladas
segunda-feira, 09 de setembro de 2019
por Jornal A Voz da Serra
A Oficina Escola de Artes na manhã desta segunda (Foto: Fernando Moreira)
A Oficina Escola de Artes na manhã desta segunda (Foto: Fernando Moreira)

A Oficina Escola de Artes de Nova Friburgo, que funciona no prédio do antigo Fórum Júlio Zamith, amanheceu arrombada nesta segunda-feira, 9. O fato foi constatado logo cedo pelo diretor da instituição, Joffre Evandro Silva. O caso foi registrado na 151ª DP e o espaço ficou isolado até a chegada da perícia. Ninguém foi preso e a polícia investiga o caso.

O arrombamento provavelmente ocorreu entre a noite de domingo, 8, e a manhã desta segunda, quando foi percebido. Segundo  Jofre, a sala estava com a porta arrombada e totalmente revirada. Foram levadas três impressoras (sendo que apenas uma estava em uso), além de um monitor. As impressoras foram encontradas jogadas na Praça Getúlio Vargas, a poucos metros do ocorrido. O monitor ainda não foi encontrado.  

Por conta do arrombamento, as aulas de balé e canto coral que seriam realizadas nesta segunda-feira na parte da manhã e da tarde tiveram que ser canceladas. A expectativa é de que a Ofina Escola de Artes volte a funcionar normalmente nesta terça-feira, 10.

Em nota, a Prefeitura de Nova Friburgo disse repudiar veementemente os atos de vandalismo e furto na Oficina Escola de Artes. O governo municipal solicitou ao comércio local imagens de câmeras de segurança. 

Veja, na galeria abaixo, fotos do crime:

LEIA MAIS

Dentro de casa de comerciante quatro vítimas – três homens e uma mulher - foram encontradas amarradas

Bandido baleou homem de 44 anos após o roubo e também terminou atingido

Ação resultou na apreensão de 8.460 maços de cigarro, revólver, munições e dois presos

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 74 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: roubo