Nova Friburgo ganha título de município de interesse turístico

Classificação obtida por meio de lei garante recursos e apoio técnico para o setor
sábado, 08 de julho de 2017
por Alerrandre Barros
Foto de capa
A cidade cercada de montanhas (Foto: Arquivo AVS)

O governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, sancionou no dia 30 de junho a lei 7.642/2017, de autoria da deputada estadual Zeidan (PT), que reconhece Nova Friburgo como Município de Interesse Turístico (MIT). A classificação, às vésperas da cidade completar 200 anos, abre mais portas para que a cidade obtenha com os governos estadual e federal recursos para o turismo municipal.

“Em Friburgo, existe um potencial pouco explorado e apoiado pelo poder público. Isso precisa mudar. Temos nos 200 anos da cidade uma ótima oportunidade. No segundo semestre, vamos fazer um grande seminário para que comerciantes da área turística, profissionais e a rede hoteleira possam participar para serem orientados sobre a lei”, disse a deputada.

A lei é fruto de uma parceria com o vereador Norival Espíndola (PT), que em 2016 procurou o gabinete da deputada em busca de novos projetos para o turismo da cidade. Zeidan já havia proposto e conseguido aprovar na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) a mesma classificação para Maricá, São João da Barra, Quissamã, Rio Bonito e Arraial do Cabo.

“É uma iniciativa importante. Acreditamos que Nova Friburgo tem um enorme potencial turístico e a lei possibilitará que o município pleiteie verbas federais e estaduais exclusivamente para o setor. A cidade não tinha esse título”, comentou Espíndola.

Além das verbas, segundo Norival, o reconhecimento dá maior espaço de divulgação nos materiais oficiais do governo. Além de Friburgo e das cidades citadas, Araruama, Natividade, Casimiro de Abreu, Cachoeiras de Macacu, Itaboraí, Silva Jardim, Tanguá, Macaé e Magé, ou seja, somente 15, dos 92 municípios do estado, têm a classificação, segundo consta no site da Alerj.   

Os recursos, porém, deverão vir principalmente do governo federal e de parceiros privados, porque o estado não vai liberar nem tão cedo verbas devido à grave crise financeira no Rio de Janeiro. A Secretaria Estadual de Turismo (Setur) não tem dinheiro, mas segundo Zeidan, pode ajudar na orientação técnica dos municípios. A Setur foi procurada, mas não deu detalhes sobre a disponibilização de recursos para o município.

“O importante é a prefeitura se dispor a usar o título de interesse turístico a seu favor. Foi o que disse ao prefeito Renato Bravo, quando estivemos juntos na Alerj na audiência da lei para manter o incentivo fiscal para a moda íntima. Esse é um setor que também atrai turistas. Tudo é importante. Uma cidade turística tem que ser também uma cidade bem cuidada, que invista em setores que atraiam visitantes", disse a deputada.

A VOZ DA SERRA não conseguiu contato com a Comissão de Turismo da Alerj para explicar os requisitos para a classificação de Município de Interesse Turístico (MIT).

A Prefeitura de Nova Friburgo avaliou como importante a conquista do título. “É de fundamental importância para oportunizar a atração e captação de recursos, profissionalizando e desenvolvendo o turismo da cidade”, disse o secretário municipal de Turismo, Wilton Neves, em nota. Ele não estava na cidade na última sexta-feira, 7, para detalhar os projetos que devem ser implantados pelo governo.

 

LEIA MAIS

Temporal alaga ruas e provoca queda de árvores em Friburgo nesta sexta

Entre usuários de ônibus, expectativa é que 6 mil pessoas cheguem e saiam da cidade

Equipamento passou por vistoria nesta quinta. Segundo o órgão, novas exigências terão que ser executadas

Publicidade
Agora Faz
TAGS: Turismo