Museu do Mel faz visitas temáticas gratuitas na Semana dos Museus

Espaço do Apiário Amigos da Terra vai tratar do desaparecimento das abelhas. É necessário agendar
terça-feira, 14 de maio de 2019
por Jornal A Voz da Serra
Apicultores do Amigos da Terra (Arquivo AVS)
Apicultores do Amigos da Terra (Arquivo AVS)

O Museu do Mel, em Nova Friburgo, realiza desta quarta-feira, 15, até o próximo domingo, 19, das 9h às 17h, visitas temáticas para o público em geral sobre o desaparecimento das abelhas no mundo. A iniciativa faz parte da 17ª Semana Nacional dos Museus. A entrada é franca, mas é necessário agendamento prévio pelos telefones (22) 2529-4182 / 4333 ou e-mail museudomel@amigosdaterra.com.br.

Vinculado ao Apiário Amigos da Terra, o Museu do Mel fica na RJ-130 (Nova Friburgo-Teresópolis), na altura do número 17.200, no distrito de Campo do Coelho. No sábado, 18, das 17h às 17h, o espaço apresenta uma série de filmes sobre o desaparecimento das abelhas, seguida de debate com o médico veterinário e apicultor Luís Moraes. A participação do público também será gratuita.

No mundo inteiro, pesquisadores e apicultores estão preocupados com o desaparecimentos das abelhas. As causas prováveis são muitas, entre elas, o aquecimento global. O fato é que caso elas desapareçam de vez, cerca de 70% das culturas agrícolas devem sumir junto com 80 das espécies silvestres com flores. Isso ocorreria porque as abelhas são responsáveis pela reprodução dessas espécies vegetais, através da polinização. O desaparecimento desses insetos denuncia um colapso ambiental e, consequentemente, a extinção da vida no planeta.   

O Apiário Amigos da Terra é uma empresa familiar criada pelo casal Luís Moraes e a bióloga Clarice Líbano, que em 1986 se mudaram do Rio para Friburgo. Em 1990, criaram o apiário após aprimoramento técnico adquirido através de projetos de pesquisa, trabalhos técnicos, participação em feiras, eventos e congressos nacionais e internacionais. Outras informações na página amigosdaterra.com.br/museu-do-mel.

 

Publicidade
TAGS: