Município investiga 9 casos suspeitos de febre amarela

Até agora, de seis pessoas que tiveram a doença confirmada na cidade, três morreram
sexta-feira, 09 de fevereiro de 2018
por Karine Knust
Foto de capa

Nova Friburgo tem nove casos suspeitos de febre amarela sendo investigados atualmente. A informação foi divulgada nesta sexta-feira, 9, através do boletim epidemiológico da Secretaria municipal de Saúde. Segundo o levantamento, a cidade teve 20 casos notificados desde o início deste ano.

Além dos nove que ainda seguem sendo analisados, destes 20, três tiveram resultado negativo para a doença e outros oito foram confirmados. Até agora, a cidade já contabiliza cinco mortes por febre amarela. Os dados são diferentes dos que foram divulgados pelo governo do estado no último boletim, quando foram confirmados 6 casos da doença no município com três evoluindo para óbito.

Mas essa diferença tem uma explicação: de acordo com o governo municipal, os dados divulgados são divergentes porque a secretaria de Saúde de Nova Friburgo ainda contabiliza dois pacientes da cidade que vieram a óbito após contrair a doença em outros municípios. A pasta não esclareceu, porém, quais cidades são essas. O governo municipal também não informou a idade e o bairro onde moram esses três pacientes que contraíram febre amarela em Nova Friburgo e permanecem em tratamento.  

Segundo a Secretaria municipal de Saúde, as três vítimas fatais em Friburgo foram: um homem de 50 anos, morador do bairro Nova Suíça; Marlon Dutra, de 21 anos, morador de Riograndina, que costumava fazer trilhas de moto pelas matas; e uma idosa de 65 anos, moradora da Chácara do Paraíso, que estava internada em hospital particular. Nenhum dos três tomou a vacina - o rapaz porque não quis, e os mais velhos, por problemas de saúde que os impediram de se imunizar.

A Secretaria estadual de Saúde ainda acompanha o caso de um outro idoso, de 75 anos, morador de Copacabana, no Rio de Janeiro, que pode ter contraído febre amarela em Friburgo, onde costuma passar fins de semana. Em todo o estado do Rio, estão confirmados 55 casos da doença neste início de ano, com 25 mortes - o que demonstra a alta letalidade da doença.

De todo o estado, Valença foi o município que registrou até agora mais casos confirmados (16, com 6 mortes), seguido de Teresópolis (7 casos, 4 mortes). Nova Friburgo aparece em terceiro lugar (6 casos, 3 mortes).

Imunização

Nesta semana, a prefeitura ainda divulgou um novo esquema de imunização. De quinta-feira, 8, até o dia 23, de segunda a sexta, - exceto durante o Carnaval, dias 12, 13 e 14 - os postos do Centro, Olaria, Conselheiro, Cordoeira e de São Geraldo estarão abertos ao mesmo tempo, atendendo a população das 9h às 16h. Antes, cada um abria em determinado dia da semana, obedecendo a uma escala.

 

LEIA MAIS

Sistema online tem apresentado falhas desde o mês passado; prefeitura diz estar implementando medidas emergenciais para minimizar transtornos

Jardim Ouro Preto, Riograndina e Conselheiro serão as próximas localidades a ganhar equipamentos

Último levantamento divulgado pela Secretaria de Saúde indica que menos de 25% do público-alvo já se imunizou

Publicidade
Agora Faz