Motorista escapa de ser esfaqueado durante assalto a ônibus da Faol

Roubo aconteceu em ponto próximo a posto de combustível em Conquista; coletivo estava vazio
quarta-feira, 09 de outubro de 2019
por Jornal A Voz da Serra
Imagem da câmera do ônibus mostra o assaltante tirando dinheiro do caixa (Reprodução de vídeo)
Imagem da câmera do ônibus mostra o assaltante tirando dinheiro do caixa (Reprodução de vídeo)

Um homem tentou esfaquear um motorista da Friburgo Auto Ônibus (Faol) e roubou o dinheiro do caixa do coletivo, na noite da última segunda-feira, 7, em Conquista, distrito de Campo do Coelho. Não havia passageiros dentro do ônibus, que fazia a linha Conquista/Centro, no momento do assalto. 

Segundo a Polícia Civil, o motorista contou que parou o coletivo no ponto final, em frente a um posto de combustível do bairro, para ir ao banheiro. Ao retornar, por volta das 21h30, foi abordado por um homem, que portava um facão. O criminoso anunciou o assalto e determinou que o motorista entregasse o dinheiro do caixa do ônibus. 

Em depoimento à 151ª DP, o motorista afirmou que, antes pudesse reagir, o homem tentou desferir um golpe de facão nele (foto). O motorista conseguiu se desvencilhar e fugiu do local. Ele contou que, em seguida, o criminoso entrou no ônibus da Faol e roubou R$ 150 do caixa. O posto estava fechado e não havia ninguém na rua. Câmeras do coletivo, contudo, registraram o assalto. 

Mais violência

Esse foi o segundo caso de violência contra um funcionário da empresa de ônibus em menos de uma semana em Friburgo. Na última quinta-feira, 3, um motorista da Faol foi agredido por dois homens porque se negou a parar o coletivo fora do ponto. Os agressores foram detidos. 

O motorista contou que estava fazendo a linha Centro - São Geraldo, quando passou pela Praça Getúlio Vargas, no Centro, por volta das 17h, e viu dois rapazes fazendo sinal para que ele parasse coletivo e pudessem embarcar. Como estava em local fora de ponto de ônibus, o motorista não parou. 

Ele seguiu o percurso e, ao parar o ônibus no ponto da antiga Casa Miele, na Avenida José Ruiz Bolea, viu que os dois rapazes que haviam feito sinal na praça embarcaram no coletivo. O motorista relatou que durante o caminho até São Geraldo ouviu várias provocações dos rapazes. 

Ao chegar ao São Geraldo, os dois rapazes mandaram o motorista parar o ônibus. O homem contou que, antes mesmo que pudesse parar o coletivo, os agressores pularam a roleta e começaram a bater violentamente em seu rosto, com chutes e pontapés. As agressões só foram interrompidas quando outros passageiros do ônibus interviram. 

A Polícia Militar foi acionada por passageiros e socorreu o motorista. Ele foi levado para o Hospital Municipal Raul Sertã e, depois, encaminhado à 151ª DP para registro da agressão. Já os dois rapazes, acusados da agressão, também foram levados pela PM para a delegacia, onde foram autuados por lesão corporal dolosa.

 

LEIA MAIS

Assaltos tipo "bater carteira" dobraram na cidade em agosto de um ano para o outro, segundo o ISP

PMs fazem buscas mas criminosos fogem. Um dos veículos foi furtado na Praça do Suspiro

Veículo usado no crime havia sido roubado horas antes em Conselheiro e foi encontrado depois no Bairro Ypu

Publicidade
TAGS: roubo