Monitoramento por câmeras de segurança em Friburgo vai ser ampliado

Com apoio de empresas locais, Conseg e Acianf discutem com comando do 11º BPM implantação do projeto Bairro Seguro
quinta-feira, 07 de novembro de 2019
por Jornal A Voz da Serra
Na reunião foram discutidos detalhes sobre a implantação das câmeras nas vias urbanas
Na reunião foram discutidos detalhes sobre a implantação das câmeras nas vias urbanas

Em continuidade ao trabalho de apoio à polícia, buscando priorizar a segurança pública em Nova Friburgo, o Conselho Comunitário de Segurança (Conseg) e a Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Nova Friburgo (Acianf) se reuniram na última segunda-feira, 4, com o comandante do 11º BPM, coronel Paulo Roberto das Neves, para avaliar o andamento do projeto de ampliação da sala de operações do sistema de monitoramento da cidade por câmeras, que em breve contará com um sistema completo de vigilância dos espaços urbanos.

O presidente do Conseg, o coronel PM James de Barros; a diretora financeira do Conseg, Fany Zissu, e o presidente da Acianf, Júlio Cordeiro, informaram ao comandante do 11ºBPM e demais policiais presentes à reunião como estão os trâmites para as instalações dos equipamentos necessários para implantar em Friburgo o projeto Bairro Seguro. A iniciativa já acontece, com êxito, no município vizinho de Teresópolis. Na oportunidade, foi comentado também que algumas empresas de Nova Friburgo estão interessadas em colaborar com o projeto, colaborando com a instalação de câmeras em seus logradouros. 

Sinais de trânsito

Além disso, foi repassado um levantamento do sistema de monitoramento com câmeras de alguns sinais de trânsito, através do modelo OCR que a Secretaria Municipal de Ordem e Mobilidade Urbana adquiriu e que identifica os veículos infratores com registros de imagens das placas. Essas informações também serão disponibilizadas à PM, bem como ao sistema da Cidade Inteligente, gerido pela Secretaria Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação.

O anseio do Conseg, da Acianf e demais órgãos envolvidos é que o novo sistema de monitoramento de câmeras de Nova Friburgo seja colocado em prática o mais breve possível para que o município tenha mais segurança, e instituições como a PM obtenham maior suporte tecnológico.

Visita técnica 

Nesta quarta, 6, representantes da empresa NTG, responsável pela implantação do sistema de informática do projeto Bairro Seguro no 11º BPM fizeram avaliação técnica do que é preciso adquirir e organizar, antes de o projeto ser colocado em prática. Foram verificados os cabeamentos da sala onde será montado o sistema no quartel, além das necessidades de telas, computadores e internet. 

O custeio desses equipamentos e materiais será feito através da sociedade civil, Conseg e Acianf, que já estão mobilizando empresários, inclusive para a instalação das câmeras nas ruas de seus empreendimentos. A intenção é ampliar o projeto de forma que pontos estratégicos da cidade sejam monitorados e, com isso, a PM possa ter uma atuação ainda melhor e mais abrangente.

Todo sistema deixa claro que a prioridade é a segurança, considerando a privacidade daqueles que se integrarem ao projeto, já que somente quem for autorizado poderá ter acesso às imagens gravadas, e tudo feito com registro do login para saber quem e de onde foi feito o acesso. A expectativa é que o Projeto Bairro Seguro em Nova Friburgo tenha início o quanto antes, e logo divulgado e apresentado à toda sociedade sobre seu funcionamento.

LEIA MAIS

Operação especial conta com PMs da ativa e da reserva e agentes egressos das Forças Armadas

Município ocupa a 82ª posição entre 309 cidades brasileiras de médio e grande porte, com mais de 100 mil habitantes

Próximo biênio será presidido por Alexandre Campos de Carvalho

Publicidade

Há 74 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: Segurança