Modernização da ETA Debossan tem inauguração nesta quarta

Obra deve melhorar capacidade de tratamento e acabar com interrupções no sistema em períodos de chuvas fortes
terça-feira, 20 de agosto de 2019
por Jornal A Voz da Serra
A nova ETA DEbossan (Divulgação)
A nova ETA DEbossan (Divulgação)

A concessionária Águas de Nova Friburgo inaugura nesta quarta-feira, 21, às 10h, as obras de modernização da Estação de Tratamento de Água (ETA) Debossan. O investimento vai melhorar a capacidade de tratamento e acabar com as interrupções do sistema em períodos de chuvas torrenciais.

A ETA Debossan atende cerca de 50 mil pessoas no distrito de Mury e nos bairros Debossan, Ponte da Saudade, parte do Parque Imperial, Centro, Cordoeira, Braunes, Tingly, Parque São Clemente, Bela Vista, Olaria, Via Expressa, Paissandu, Vila Guarani, Perissê e Ypu. Com capacidade de tratamento de 160 mil litros por segundo, a estação contará com alta eficiência operacional e melhor qualidade na distribuição da água.

“Investimos mais de R$10 milhões nas obras de modernização da ETA Debossan, com o objetivo de melhorar a distribuição de água tratada na região e, consequentemente, a qualidade de vida da população atendida”, disse o superintendente da Águas de Nova Friburgo, João Henrique de Sá.

O tratamento da água 

A implantação do sistema de floto-filtração permite o tratamento eficiente de águas superficiais, quando estas atingem altos níveis de coloração após as chuvas fortes. O aumento de cor ocorre devido à presença de matéria orgânica na água, característica particular do manancial que abastece a ETA Debossan. 

Na tecnologia a ser utilizada, a separação se dará por meio da flotação com injeção de ar dissolvido. No caso das águas do sistema Debossan, que possuem elevado índice de cor, principalmente após chuvas torrenciais nos mananciais, essa tecnologia é necessária, pois os flocos formados são leves e de difícil decantação. Com a floto-filtração, as partículas se moverão para a superfície do tanque e serão removidas por raspadores de lodo. O processo se completará com a filtração, a desinfecção e posterior desaguamento do lodo. 

 

LEIA MAIS

“As interrupções que ocorriam em períodos de chuvas torrenciais não irão mais acontecer”, garantiu superintendente de concessionária

Modernização do sistema deve reduzir interrupções no abastecimento de água provocadas pelo excesso de lodo

Concessionária informou que faz reparos em vazamentos na rede que fornece água ao bairro do distrito de Conselheiro

Publicidade
TAGS: água