Ministro da Saúde dá sinal verde para construção de nova UPA em Friburgo

Conquista do deputado federal Luiz Lima depende agora de prefeitura formalizar proposta para que trâmites legais sejam iniciados
terça-feira, 04 de junho de 2019
por Jornal A Voz da Serra
Mandetta e Luiz Lima durante o encontro em Brasília (Divulgação)
Mandetta e Luiz Lima durante o encontro em Brasília (Divulgação)

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, deu sinal verde para a construção de uma nova Unidade de Pronto Atendimento (UPA) em Nova Friburgo. Cabe agora à prefeitura de Nova Friburgo formalizar o cadastro da proposta no Ministério da Saúde para que os trâmites legais sejam iniciados. 

A autorização foi dada durante audiência na manhã desta terça-feira, 4,  do deputado federal Luiz Lima (PSL-RJ) com o ministro. O deputado - o mais votado de Nova Friburgo - apresentou a Mandetta o cenário da saúde pública da Região Serrana do Rio de Janeiro, com destaques para a situação da UPA atual, do Hospital Municipal Raul Sertã, da atenção básica da saúde municipal e do Hospital de Oncologia, cujas obras estão paradas.

Durante o encontro, Luiz Lima solicitou uma nova UPA para Friburgo. Após analisar a situação do município, Mandetta deferiu o pedido do deputado. O local de instalação  da nova UPA será discutido com o prefeito Renato Bravo e com a secretária municipal de saúde, Tânia Trilha. O investimento para viabilizar a construção da nova UPA será de R$ 3,1 milhões.

Luiz Lima reiterou a importância da retomada das obras do Hospital do Câncer. O governador Wilson Witzel (PSC-RJ) já informou que as obras devem ser retomadas ainda no segundo semestre de 2019. Mandetta disse ao deputado que o Ministério da Saúde está de portas abertas para viabilizar a abertura de novo convênio com o governo do estado do Rio para viabilizar o Hospital de Oncologia. 

“O ministro Mandetta disse que o Ministério da Saúde está de portas abertas para receber o novo projeto ou até mesmo manter o antigo. Assim que este contato ocorrer, será iniciado a abertura do convênio com o ministério para desafogar o cofre do estado", disse o deputado.

O deputado fez um balanço positivo da reunião. "Saio muito satisfeito. Mandetta nos atendeu com muita simplicidade, teve atenção total às nossas solicitações, fez diversas perguntas, demonstrando realmente muito interesse no cenário relatado e conhecimento dos municípios citados. O ministro ficou muito sensibilizado com a situação da saúde na Região Serrana, o que mostra  seu lado humano, capaz de se colocar no lugar de quem precisa utilizar o serviço público de saúde. Eu não conhecia o ministro Mandetta pessoalmente e estou muito admirado da sua postura à frente da pasta e feliz por ter um ministro preocupado em realizar políticas públicas corretas e eficientes em relação à saúde”, comentou. 

Mandetta disse que o ministério está receptivo a bons projetos e pediu que a população não deixe de se vacinar contra a gripe e tire o estado da posição de "lanterninha" da cobertura nacional de imunização.

Além de Luiz Lima, estiveram presentes na reunião o vereador Cascão do Povo (PDT-NF) e o chefe de gabinete do deputado, Welbert Pedro.

LEIA MAIS

Órgão quer que prefeitura envie o edital para análise de seus conselheiros. Propostas seriam entregues semana que vem

Firjan destaca obras em Nova Friburgo, Sumidouro e Cachoeiras de Macacu

“Ex-secretária de Saúde Tânia Trilha sabia do problema e não fez nada”, denuncia presidente da Comissão de Saúde, vereador Wellington Moreira

Publicidade
TAGS: saúde | obra | Governo