Melhor do país, friburguense vai competir no World Pro de jiu-jitsu em abril

Pedro Henrique Monerat foi campeão geral na faixa-preta master 1 do Circuito Rio Mineirinho 2017
terça-feira, 09 de janeiro de 2018
por Vinicius Gastin
Foto de capa
O faixa preta Pedro (à direita): além do brilho individual, trabalho com atletas também é destaque

Não é novidade para ninguém que Nova Friburgo é um grande celeiro de talentos no mundo das artes marciais. Seja qual for a modalidade que envolva luvas ou kimonos, há friburguenses em condição de destaque e prontos para alçarem voos maiores. Um desses casos é o de Pedro Henrique Monerat. No próximo dia 13, a FJJD-Rio e a CBJJD (federações estadual e federal de jiu-jítsu) vão realizar as entregas dos prêmios da temporada de 2017 aos vencedores do ranking, no Clube Municipal, na Zona Norte do Rio, e o friburguense está entre eles.

Os principais premiados vão participar de competições da UAEJJF fora do país, como etapas do Grand Slam ou World Pro. Ao todo, a Federação e Confederação vão distribuir R$ 30 mil em prêmios para os campeões do Circuito Rio Mineirinho 2017. Pedro Henrique, da Gordo JJ, foi o campeão geral na faixa-preta master 1 e vai competir no World Pro, em Abu Dhabi (UAE), em abril. Em entrevista ao site Tatame, o atleta e professor da modalidade em Nova Friburgo destacou a oportunidade de ter uma experiência profissional em seu currículo.

“A premiação é um estímulo extra para o atleta que luta pelo amor ao esporte. A FJJD-Rio/CBJJD se destacam como as únicas federações do estado do Rio de Janeiro a dar esse tipo de incentivo ao competidor. A expectativa de vencer é a principal motivação. Sou professor da Gordo JJ de Nova Friburgo e estou conciliando as aulas com os treinos de competição. Além da competição, a viagem me proporcionará o contato com uma nova cultura e o reencontro com grandes amigos que atualmente ensinam jiu-jitsu nos Emirados Árabes Unidos”, comentou Pedro.

A temporada do ranking da FJJD-Rio e CBJJD passa a se chamar Circuito Brasil Open Mineirinho de Jiu-Jitsu a partir deste ano. A primeira etapa será o Desafio Verão Rio 2018, a ser realizado no Tijuca Tênis Clube, na Zona Norte do Rio de Janeiro. As inscrições vão até o próximo dia 26.

E assim surgem talentos...

Pedro Henrique Monerat, professor da equipe Gordo JJ, não apenas brilha individualmente, como também ajuda a incentivar a prática do esporte e, consequentemente, a revelar novos talentos. Em 2017, por exemplo, parte de sua equipe disputou o Belo Horizonte Summer, competição organizada pela IBJJF (Federação Internacional de Jiu-Jitsu Brasileiro).

Os representantes de Nova Friburgo na competição foram os atletas de faixa marrom, Glauco e Xico, e o faixa azul Maycon Frotté, todos da equipe Gordo JJ, comandada exatamente por Pedro Henrique, além de Edilson Júnior, aluno de Henrique Mendonça na equipe Boi Team JJ.Glauco e Xico tiveram desempenho destacado e alcançaram a medalha de prata.

Já Maycon Frotté competiu na modalidade Gi (com kimono), e tanto na primeira quanto na segunda luta dominou o combate e venceu por pontuação. Na semifinal, foi superado por uma mínima vantagem e ficou com a medalha de bronze. Frotté ainda se arriscou no absoluto, onde não há divisão por peso, mas acabou não passando da primeira luta. Além dessa, outras participações em competições importantes premiaram o grande ano da Gordo JJ. E reforçaram a justiça pela conquista de Pedro Henrique Monerat.

2 fotos – legendas:

3- Pedro Henrique e equipe: além do brilho individual, trabalho com atletas também é destaque

4-Melhor de 2017, Pedro (à direita) terá desafio internacional em abril

LEIA MAIS

PM tem bons resultados em levantamento de peso, cabo de guerra, jiu-jitsu, kung-fu e fisiculturismo

Sargento Albuquerque, que disputou em Minas, treina há um ano no projeto Guerreiros da Serra

Técnico é responsável por revelar Edson Barboza, Marlon Moraes e outros nomes das artes marciais de Friburgo e região

Publicidade
Agora Faz
TAGS: UFC