MEC prorroga prazos do Prouni e do Fies

Governo diz que sites sofreram ataques hackers e pediu investigação da PF
quinta-feira, 15 de agosto de 2019
por Jornal A Voz da Serra
MEC prorroga prazos do Prouni e do Fies

O Ministério da Educação (MEC) prorrogou nesta quarta-feira, 14, o prazo para estudantes e instituições se inscreverem no Programa Universidade para Todos (Prouni) e no Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Uma instabilidade nos portais entre 5 e 7 de agosto provocou a extensão dos prazos.

No caso do Prouni, os estudantes não matriculados nas instituições de educação superior terão até 19 de agosto para concorrer a uma das bolsas remanescentes. O prazo anterior terminava na sexta-feira, 16. Para os matriculados, a data final continua a ser 30 de setembro.

Já para o Fies, o prazo para as Comissões Permanentes de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) das universidades validarem as informações prestadas por estudantes pré-selecionados na lista de espera, que venceria de 5 a 9 deste mês, passou para 16 de agosto.

Segundo o secretário-executivo do MEC, Antonio Paulo Vogel, na semana passada, o MEC acionou a Polícia Federal para investigar indícios de sabotagem por hackers aos portais dos programas. A decisão de prorrogar os prazos visa, portanto, a não prejudicar os estudantes.

O Sistema Presença, utilizado para pagamento do benefício do Bolsa Família, também passou por instabilidade, mas o Ministério da Educação não identificou necessidade de prorrogar o prazo para envio de informações, que continua a ser 23 de agosto.

 

LEIA MAIS

Igor Pinto deixa a pasta para assumir Secretaria de Política sobre Drogas

Benefício poderá ser concedido também por transferência de renda

Aulas de Física e Matemática estarão disponíveis no Youtube

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: Educação