Martin Nicoulin dará palestra sobre o intercâmbio com a Suíça

Historiador, autor de "A gênese de Nova Friburgo", falará na CDL dia 17
sábado, 12 de maio de 2018
por Jornal A Voz da Serra
Martin Nicoulin dará palestra sobre o intercâmbio com a Suíça

Na quinta-feira, 17, o historiador suíço Martin Nicoulin, fundador da Associação  Fribourg-Nova Friburgo, fará uma palestra imperdível na Câmara de Dirigentes Lojistas, às 20h. Ele vai abordar aspectos da fundação, a trajetória e os frutos gerados pelo intercâmbio de Fribourg, na Suíça, com Nova Friburgo.

Autor de "A gênese de Nova Friburgo", Martin é o mais friburguense dos suíços.  A adoração pela cidade começou em 1967, quando veio pela primeira vez, aos 26 anos,  com o propósito  de fazer pesquisas sobre a colonização suíça no Brasil. Seu primeiro trabalho foi fazer uma lista dos colonos suíços que fundaram o município. Depois de dezenas de vindas, recebeu a Comenda Barão de Nova Friburgo.

Nos anos 70,  de volta ao seu país, Martin Nicoulin fez diversas palestras contando a história da imigração suíça no Brasil. As palestras renderam frutos. Algum tempo depois, falou sobre Nova Friburgo no Lions Club de Fribourg e o presidente da entidade, René-Louis Roussier, que também era o prefeito da cidade, sugeriu que organizassem uma visita para conhecer os “primos no Brasil”. Logo depois, Ariosto Bento de Mello foi à Suíça e conversou longamente com Martin sobre aquele movimento de aproximação.

Nicoulin faz questão de destacar que foi Ariosto quem articulou a primeira visita dos suíços a Nova Friburgo, uma grande confraternização, que mobilizou toda a cidade. Nada menos que 300 suíços visitaram Nova Friburgo naquela ocasião. O prefeito de Fribourg, que integrava a comitiva, convidou oficialmente as autoridades a retribuírem a visita em 1981, quando o Cantão de Fribourg festejaria 500 anos de sua entrada na Confederação Helvética. Assim, em 1981, um enorme grupo de friburguenses visitou Fribourg.

 

LEIA MAIS

Domingo, 17 de fevereiro, celebra o Dia da Amizade Suíço-Brasileira

De aluna em intercâmbio a intérprete do presidente e histórias de um descendente "desligado"

Famílias inteiras e primos que nunca se viram trocam vivas e choros de emoção

Publicidade
TAGS: 200 anos