Marlon Moraes visita escola onde estudou e academia onde treinou

Atleta presenteia colégio com computador e impressora e promove treinão disputado
quarta-feira, 27 de fevereiro de 2019
por Vinicius Gastin (esportes@avozdaserra.com.br)
Crianças atentas aos ensinamentos e histórias de Marlon: visita ao colégio onde o atleta estudou
Crianças atentas aos ensinamentos e histórias de Marlon: visita ao colégio onde o atleta estudou

Ele é uma das maiores sensações do MMA mundial no momento. Prestes a ser desafiante pelo cinturão do UFC, na categoria pesos-galo, Marlon Moraes não esquece as origens e sempre faz questão de lembrar de Nova Friburgo, não só em seus discursos e entrevistas, como também nos momentos de descanso.  Na cidade natal, o lutador participou de pelo menos dois momentos marcantes nesta segunda-feira (25). O primeiro deles foi a visita ao Centro Municipal de Educação e Saúde Padre Rafael, no bairro Cordoeira, onde estudou dos 3 aos 8 anos de idade, entre 1991 e 1997.

Alguns dias antes, o atleta recebeu diversas redações de alunos, com alguns pedidos, e fez uma seleção para que pudesse presentear a escola com um computador completo, impressora e rádio portátil. “Nessas cartas verifiquei o carinho dos alunos com os professores. Essa doação que está sendo entregue hoje é um pedido dos estudantes para vocês. Confesso que fiquei muito emocionado com as cartas que recebi”, disse o lutador.

Nos corredores, o emocionado Marlon Moraes fez questão de entrar nas salas de aula para o primeiro contato com as crianças. Vários cartazes foram espalhados pelas dependências do Centro de Educação, e os pequenos tiveram a chance de encaminhar cartas com alguns pedidos. A equipe do colégio ainda conseguiu a ficha cadastral e o diário com as notas do lutador friburguense. “Na minha carreira conquistei muitos títulos. Mas, hoje, para mim é uma alegria muito grande poder voltar um pouco às minhas origens e visitar o colégio do qual tenho muito orgulho. Fiquei emocionado e feliz em ter esse contato com as crianças, poder mostrar o trabalho que eu tenho feito e retribuir toda a torcida”, destacou.

Funcionários prepararam uma estrutura de audiovisual para que o lutador se apresentasse às crianças. Foi produzido um vídeo recordando a trajetória de títulos de Marlon Moraes, que assumiu o primeiro lugar no ranking da categoria peso-galo, de acordo com a última atualização feita pelo UFC. “Queremos agradecer imensamente a visita e a simplicidade do Marlon com a gente. Ele estudou aqui conosco e certamente a história dele será um grande incentivo para as nossas crianças”, aposta Iolla Sampaio, diretora da unidade.

Na apresentação, que durou cerca de 40 minutos, Marlon relembrou a infância na comunidade do Cordoeira, os desafios para conquistar espaço no mundo das artes marciais e motivou as crianças a lutarem pelos sonhos. “Muita gente não acreditou em mim. Não tive muito apoio e patrocínios no início da carreira. Mas graças a Deus conseguimos superar os desafios e conquistar títulos.”

Presente à visita, o secretário municipal de Esportes, Waldemir Caetano, fez questão de destacar a humildade do lutador friburguense. “Ficamos felizes e admirados com a humildade do Marlon Moraes. Depois de cada vitória ele sempre volta à nossa cidade e em cada nova conquista, mais simples ele fica.”

Após o sorteio de brindes, Marlon Moraes tirou fotos com as crianças, professores e participantes do evento. Em suas redes sociais, o lutador também fez um apelo à prefeitura para que melhore as condições da quadra esportiva do colégio. A reforma do espaço também foi bastante lembrada pelos alunos nos textos das redações.

Treinão reúne dezenas

No mesmo dia 25, Marlon Moraes voltou ao local onde tudo começou, a Academia Fight Co, também no bairro Cordoeira. Dezenas de alunos, fãs e amigos de infância estiveram presentes ao treinão organizado pelo lutador e pelo mestre Anderson França, com quem começou a praticar muay thai, ainda na infância. O atleta atendeu a todos, distribuiu autógrafos, tirou fotos e ensinou algumas técnicas de luta, inclusive simulando uma situação que aconteceu em seu último compromisso pelo UFC. Marlon retorna aos EUA, onde vai retomar a rotina de treinos e negociar os próximos desafios pela organização.

“A academia do Anderson França é a minha casa, onde pude estar com os meus amigos e rever antigos parceiros de treinos. Resta aguardar o próximo passo, a ligação para que eu possa lutar pelo cinturão. Vou treinar firme nos EUA e partir em busca do que é meu: o cinturão do peso-galo do UFC. Volto para Nova Friburgo, e se Deus quiser, com o título.”

Primeiro treinador de Moraes e amigo pessoal, Anderson França fala sobre as qualidades do atleta, e aposta que o friburguense está pronto para conquistar o cinturão da organização."O Marlon Moraes é um atleta espetacular, fenomenal. Focado, é um lutador muito difícil de ser batido. Ele está preparado em qualquer área, em pé, na parte de queda ou no chão. Ele está pronto pra ser o próximo campeão do UFC. Eu não pude estar presente, fisicamente, na última luta dele, mas eu estava junto de coração. Ele até brincou comigo, batendo no peito depois da luta e mandando um recado pra mim. Isso não tem preço, pois a gente acompanhou o camp e estávamos sempre nos falando. Na próxima vamos estar juntos."

Antes de chegar ao UFC, Marlon “The Magic” Moraes, como é conhecido no mundo das artes marciais, foi campeão do World Series of Fighting (WSOF) com 13 vitórias consecutivas. O atleta de Nova Friburgo vive grande fase, e soma um cartel com 22 vitórias, cinco derrotas e um empate.

LEIA MAIS

Com um cruzado de direita, Gaethje consegue vitória aos 2m30s do primeiro round, na Filadélfia

5ª Taça Guanabara da modalidade serviu como primeira seletiva para o Campeonato Brasileiro 2019, que ocorrerá em Brasília

Barboza e Gaethje se enfrentam neste sábado, numa das lutas mais esperadas do ano

Publicidade
TAGS: UFC