Marlon Moraes só precisou de 33 segundos para nocautear americano no UFC Utica

Friburguense aplicou um chute certeiro na cabeça. Agora, ele quer o cinturão
sábado, 02 de junho de 2018
por Guilherme Alt (guilherme@avozdaserra.com.br)

O friburguense Marlon Moraes continua em alta no UFC. Em apenas 33 segundos, o lutador nocauteou Jimmie Rivera (EUA), atual quarto colocado do ranking, na categoria peso galo (até 61kg) e provou que merece uma chance para disputar o cinturão. Quem esperava um duelo equilibrado, assistiu o brasileiro massascrar seu adversário.

É a terceira vitória seguida de Marlon, que se candidatou a ser o próximo desafiante ao título. “Quero dedicar essa vitória ao meu filho, minha esposa está grávida. Estou muito feliz, esses caras (treinadores) sabem o quanto eu trabalho todos os dias. Estou pronto. Quero lutar pelo título! Comecei a treinar kickboxing aos nove anos de idade. Quero o bônus para o meu filho que está a caminho”, disse o friburguense.

Antes de subirem no octógono, os lutadores trocaram farpas, tanto que no início da luta era visível a rivalidade entre os dois. O tradicional toque na luva que indica o fair play não aconteceu. Para sorte de Rivera, o friburguense tratou logo de encerrar a rixa, com um chute que acertou em cheio a cabeça do adversário. O americano caiu, recebeu alguns socos também na cabeça e o árbitro foi obrigado a parar a luta, dando a vitória por nocaute para Marlon.

Será que está pintando um campeão friburguense?

 

LEIA MAIS

Atleta presenteia colégio com computador e impressora e promove treinão disputado

Objetivo de revelador de talentos como Edson e Marlon é se tornar um dos melhores treinadores da história do UFC

Evento começa às 19h em academia no Cordoeira; treinador deve passar 4 semanas na terrinha

Publicidade
TAGS: marlon moraes | UFC