Livro “Escritos Euclidianos” será lançado neste sábado em Cantagalo

Obra reúne textos de cantagalenses sobre a vida e obra do conterrâneo Euclides da Cunha
sexta-feira, 10 de maio de 2019
por Alerrandre Barros (alerrandre@avozdaserra.com.br)
Livro “Escritos Euclidianos” será lançado neste sábado em Cantagalo

Neste sábado, 11, será lançada a obra “Escritos Euclidianos”, que reúne ensaios, poesias, trovas e prosa sobre a vida e a obra do escritor cantagalense Euclides da Cunha. O evento, um sarau com declamação dos textos literários, será realizado às 19h, na Casa de Euclides da Cunha, na Rua Maria Zulmira Torres, no Centro de Cantagalo.

Em formato digital, o livro foi elaborado pelos jovens escritores José Augusto Huguenin e Matheus Lucas de Arruda Câmara e reúne textos da ex-diretora da Casa de Euclides da Cunha, Erenita Pietrani, das professoras Fabiana Corrêa e Anabelle Loivos, de membros do Grupo Euclidiano de Atividades Culturais (Geac), da Juventude Euclidiana Cantagalense, dos escritores Amélia Tomás, Edmo Lutterbach e Ruth Farah, além de poesias reunidas do último Festival de Poesia Falada realizado no município no ano passado.

“O projeto ‘Escritos Euclidianos’ é, antes de tudo, um encontro de cantagalenses e seu conterrâneo mais ilustre, Euclides da Cunha, cuja obra o imortalizou e, também, um encontro de Cantagalo com a sua história literária”, disse um dos organizadores do livro, o professor José Augusto Huguenin.

Ele explicou que esse é o primeiro volume de uma série de livros que o projeto pretende lançar com textos em diversos gêneros sobre o autor do clássico “Os Sertões”. “A princípio com volumes anuais, a missão da série é reunir textos antigos, contidos em livros esgotados, esparsos em jornais, oportunizando às novas gerações de leitores a chance de lerem tais obras, e, não menos importante, constituir um espaço para que novas produções euclidianistas possam ser publicadas e incentivadas”, afirmou Huguenin.

Para ele, o primeiro volume sai com a cara do projeto. “Tem textos históricos de escritores, como Amélia Tomás, Ruth Farah e Edmo Lutterbach; ensaios acadêmicos atualíssimos de grandes intelectuais, como Anélia Pietrani e Anabelle Loivos Considera, poemas, artigos, enfim, grande riqueza de produção”, declarou José Augusto Huguenin, que é doutor em física.

Matheus Camara, coautor do livro, diz que a obra de Euclides da Cunha nunca foi tão atual. “Poder organizar junto a diversos autores este livro é uma oportunidade ímpar de manter a chama euclidiana acesa em nosso município e no Brasil afora. Temos muito a agradecer à todos aqueles que proporcionaram estes belos textos reflexivos à figura do Euclides, que diga-se de passagem será homenageado, este ano, na Festa Literária Internacional de Paraty (Flip), que acontece entre 10 a 14 de julho”, disse o bacharel em direito que também é assessor de Cultura da cidade.

Com 118 páginas, o livro será lançado no ano em que o escritor cantagalense completa 110 anos de falecimento. A obra tem o apoio da Academia Volta-redondense de Letras (AVL), da qual José Augusto

Huguenin é membro. O material ficará disponível no site da AVL (avl.org.br) e da Prefeitura de Cantagalo (cantagalo.rj.gov.br) para acesso gratuito ao público.

 

LEIA MAIS

Eliakin Rufino de Souza, de Roraima, e Nivaldo Tenório, de Pernambuco, estarão presentes nesta terça

Ana Paula Huback conta em livro como contraiu e superou uma dengue que a deixou paraplégica durante viagem à Tailândia

São três dias de atividades nas praças de Nova Friburgo, além da Oficina Escola de Artes, CDL e Câmara de Vereadores

Publicidade
TAGS: Literatura