Linha de crédito para cultivo de lúpulo deve beneficiar produtores friburguenses

Estimativa é que sejam disponibilizados R$ 600 milhões para atividades de agronegócio no estado
quarta-feira, 17 de abril de 2019
por Jornal A Voz da Serra
O lúpulo é o ingrediente que dá sabor e ajuda a conservar a cerveja (Reprodução da web)
O lúpulo é o ingrediente que dá sabor e ajuda a conservar a cerveja (Reprodução da web)

Pequenos e médios produtores de lúpulo da Região Serrana do Rio terão uma linha de crédito rural especial do governo do estado. O objetivo é ajudá-los a atender à demanda nacional por lúpulo. Atualmente, o mercado brasileiro é dominado por produtos importados.

O lúpulo é o ingrediente que dá sabor e aroma às cervejas. O Rio de Janeiro é o primeiro estado do Brasil a conseguir registro junto ao Banco Central para operar crédito rural destinado ao cultivo desta planta.

A linha de crédito, oferecida pelo Banco do Brasil, será lançada oficialmente pelo governador Wilson Witzel nesta quarta-feira, 17, à tarde. A estimativa é que sejam disponibilizados R$ 600 milhões para a produção de lúpulo e demais atividades de agronegócio no Estado do Rio.

Em Nova Friburgo, o cultivo de lúpulo vem ganhando destaque juntamente com a expansão da produção de cervejas artesanais. O lúpulo é tradicionalmente usado, junto com o malte, a água e a levedura, na fabricação da cerveja. No calor do cozimento da mistura, ele libera suas resinas de sabor amargo, dando à bebida sabor característico. Por ser um conservante natural, é essencial no processo de produção da cerveja.

Um dos marcos da expansão do mercado da cerveja artesanal, por exemplo, foi a lei municipal 1.209/15 de incentivo à indústria, que trouxe diversos produtores, investimentos para a região e conferiu às pequenas cervejarias um tratamento tributário diferenciado.   Em 2018, foi sancionada a lei estadual 7.954, que reconhece o Polo Cervejeiro Artesanal da Região de Nova Friburgo.

 

Publicidade
TAGS: